Spirit Airlines tem 11 voos cancelados e gera caos no aeroporto de Fort Lauderdale

Pilotos se recusaram a voar; passageiros brigaram em frente ao balcão da empresa e um foi preso

0
5196
Onze voos foram cancelados e levaram caos ao aeroporto de Fort Lauderdale
Onze voos foram cancelados e levaram caos ao aeroporto de Fort Lauderdale

Passageiros da Spirit Airlines passaram por maus bocados tentando voar na noite de segunda-feira (8), já que 11 voos da companhia foram cancelados por falta de pilotos. Eles reclamam de más condições de trabalho e decidiram cruzar os braços nesta segunda-feira.

A Spirit é conhecida por ter baixas tarifas, mas cobra por todos os outros serviços dentro da aeronave – malas de mão, bagagem despachada, lanche, água, entre outras coisas -. Na confusão, uma pessoa foi presa depois de se envolver numa briga em frente ao balcão da companhia.

Imagens gravadas por passageiros mostra a polícia tentando separar uma briga entre duas mulheres.

“Estamos chocados e tristes de saber dessa confusão no Fort Lauderdale-Hollywood Airport”, disse a empresa que tem sede em Miramar (FL) em nota. “Isto é resultado da atividade ilegal de alguns pilotos da Spirit, que interromperam as operações e cancelaram nossos voos. Eles buscam um novo contrato de trabalho e colocaram seus interesses à frente do bem-estar e da segurança dos nossos passageiros. Vamos entrar com um processo na Justiça para garantir que isso não se repita nas próximas viagens”, relatou a empresa em comunicado divulgado pelo Local 10 News.

No entanto, o sindicato que representa os pilotos disse em um comunicado na terça-feira de manhã que os pilotos que ele representa “não estão envolvidos em uma ação de trabalho”.

“Pelo contrário, os pilotos da Spirit estão fazendo todo o possível para ajudar a restaurar as operações da empresa, que tiveram problemas significativos nos últimos dias”, disse o comunicado. “Enquanto continuaremos esses esforços, defenderemos ativamente a associação, seus oficiais e seus pilotos”.

A empresa está operando dentro da normalidade nesta terça-feira (9).