Suprema Corte rejeita pedido de revisão de ordens executivas imigratórias

Departamento de Justiça alegava que caso deveria ser reaberto quando a Corte estivesse com o número de nove juízes restabelecido

0
2441
Suprema Corte dos Estados Unidos
Suprema Corte dos Estados Unidos

A Suprema Corte dos Estados Unidos recusou nesta segunda-feira (3) um pedido de revisão, feito pelo departamento de Justiça, relacionado à decisão de junho que sepultou o plano de Obama de beneficiar imigrantes irregulares que são pais e mães de cidadãos americanos ou portadores de green card.

Em junho, os juízes da Corte empataram os votos em 4 a 4 na decisão de junho sobre o caso, resultando na manutenção da decisão de uma corte inferior, que havia embargado as ordens executivas, assinadas em novembro de 2014.

O departamento de Justiça argumentou que o embargo preliminar da corte inferior impediu o governo de dar prosseguimento ao programa e, devido à situação de vacância no tribunal (desde a morte do juiz Scalia, a Suprema Corte ainda não empossou um substituto), que o caso deveria ser reaberto quando a Corte estivesse completa.