Ex-funcionário de fábrica mata cinco e se mata em seguida em Orlando

Tiroteio aconteceu em área industrial da cidade; atentado terrorista já foi descartado pela polícia

0
7657
Cinco mortos em tiroteio em Orlando
Cinco mortos em tiroteio em Orlando

Cinco pessoas morreram em um tiroteio em Orlando, numa área industrial da cidade, na manhã desta segunda-feira (5).  De acordo com o jornal Orlando Sentinel, o atirador, que se matou depois de atingir os ex-colegas, já havia trabalhado no local e  tinha sido demitido em abril. A Fiamma fica na Forsyth Road e a rodovia foi fechada pelos policiais.

“Mais um dia de muita tristeza para o Condado de Orange. Nossos corações e orações estão com as famílias das vítimas”, disse o chefe de polícia Jerry Demings em entrevista coletiva.

Quatro pessoas foram mortas pelo ex-funcionário, sendo três homens e uma mulher, ainda não identificados. Outras pessoas que estavam trabalhando no local não foram atingidas, ninguém se feriu.

O chefe de polícia disse que os policiais chegaram rapidamente ao local do tiroteio, onde o acusado estaria batendo num funcionário da fábrica. O homem, então, percorreu vários lugares da fábrica atirando. Ele tinha passagens pela polícia por dirigir embriagado e porte de drogas.

“A polícia chegou ao local dois minutos depois de ser chamada”, disse o policial.

A Fiamma produz peças para automóveis, tem mais de 70 anos de existência e tem sede na Itália.

O governador da Flórida, Rick Scott, comentou sobre a tragédia. “Peço a todos os moradores da Flórida que rezem pelas famílias das vítimas desse terrível ato de violência. Vamos manter contato com a polícia do condado e passaremos informações assim que estiverem disponíveis”, disse Scott.