Tiroteio em shopping em Indiana deixa três mortos, além do atirador  

Homem armado com fuzil ainda feriu outras duas pessoas e foi abatido por jovem de 22 anos

0
1575
Um mall na cidade de Greenwood foi palco de mais um tiroteio em massa nos EUA (Foto: Reprodução da TV – WTHR)
Um mall na cidade de Greenwood foi palco de mais um tiroteio em massa nos EUA (Foto: Reprodução da TV – WTHR)

Mais um capítulo triste na história dos Estados Unidos – e mais um ataque a tiros no País. Desta vez o atentado foi na cidade de Greenwood, Indiana, onde um homem armado com fuzil foi a um shopping-center da região e abriu fogo na praça de alimentação, matando três pessoas. O atirador foi abatido por um jovem de 22 anos, que carregava uma arma registrada. Além das vítimas fatais, duas pessoas ficaram feridas. O caso aconteceu na noite de domingo (17).

Segundo o chefe de polícia de Greenwood, Jim Ison, o homem entrou no mall com vários carregadores de munição. A polícia ainda não divulgou os nomes das vítimas, do atirador ou das testemunhas. “Estamos enojados com mais um incidente deste tipo em nosso país”, disse Chris Bailey, da polícia de Indianápolis. O tiroteio provocou correria no shopping e o assassino foi morto por um civil. “O verdadeiro herói do dia é o cidadão que portava legalmente uma arma de fogo naquela praça de alimentação e conseguiu parar o atirador assim que o massacre começou”, acrescentou Ison.

Uma série de massacres desde maio deste ano, provocados por pessoas armadas, renovaram o debate sobre regulamentação de armas na América. Conforme publicado pelo AcheiUSA na última edição, o País tem o maior índice de mortes por armas de fogo dos últimos 30 anos: até o início de julho, mais de 320 tiroteios em massa aconteceram nos Estados Unidos.