Tortura de criança amarrada nua dentro de um barril choca moradores de Campinas (SP)

A criança também afirma ter sofrido diversas formas de tortura, entre as quais ser forçada a comer fezes por falta de alimentos disponíveis

0
623
O menino foi resgatado de dentro de um barril onde estava nu (Foto: Pixabay)
O menino foi resgatado de dentro de um barril onde estava nu (Foto: Pixabay)

Uma criança de 11 anos foi resgatada pela Polícia Militar do estado de São Paulo na tarde de sábado (30), do cárcere em que estava, em Campinas. De acordo com as informações preliminares, a polícia encontrou o local após denúncia anônima.

O menino foi resgatado de dentro de um barril onde estava nu, amarrado e com uma peça de mármore usado como tampa. De acordo com o 2º sargento Mike Jason, em entrevista ao Uol, a situação em que o menino foi encontrado era “desoladora”.

Ainda segundo o sargento, “o homem disse que uma mulher, usuária de drogas, e com quem ele teve relação, afirmava que o filho era dele. Essa usuária abandonou o menino com ele e a atual companheira”.

A criança também afirma ter sofrido diversas formas de tortura, entre as quais ser forçada a comer fezes por falta de alimentos disponíveis. Também há relatos de que o homem jogava água sanitária e água fria para dar banho no menino.

A criança levada para um hospital onde ficou internada por quatro dias para tratar um quadro de desnutrição.

Segundo a tia da criança e o Conselho Tutelar, o menino foi enviado a um abrigo. Sobre isso, a Prefeitura de Campinas informou por meio de nota: “a decisão sobre o encaminhamento a ser dado é atribuição do Poder Judiciário”.

O boletim de ocorrência foi registrado como tortura na 2ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), no Jardim Londres, e o inquérito está em andamento. O pai do menino é suspeito de ter praticado as ações, enquanto a namorada e a filha dela devem ser responsabilizadas por omissão, diz a polícia.