Trump anuncia que vai taxar produtos do México por causa da imigração ilegal

Presidente anunciou que a partir de 10 de junho vai taxar em 5% todas as importações mexicanas, podendo chegar a 25% caso a imigração clandestina não diminua

0
1494
Trump anuncia aumento de tarifas de importação de produtos mexicanos (Foto The White House)
Trump anuncia aumento de tarifas de importação de produtos mexicanos (Foto The White House)

O presidente Donald Trump anunciou na noite de quinta-feira (30) que vai taxar todos os produtos importados do México em 5% até que o país vizinho elimine ou reduza drasticamente a entrada de imigrantes clandestinos em território americano. A medida começa a valer em 10 de junho.

De acordo com comunicado divulgado pela Casa Branca, essa taxação vai aumentar gradualmente (veja abaixo), caso não haja queda na imigração ilegal.

No comunicado, Trump acusa o México de “não tratar de maneira justa” os Estados Unidos. O texto também diz que o governo mexicano tem meios legais de parar “rápida e facilmente” o fluxo de imigrantes rumo ao território norte-americano.

“Se a crise de imigração ilegal for aliviada com atitudes eficazes tomadas pelo México, as tarifas serão removidas”, promete Trump.

“Se o México falhar em agir, as taxas vão continuar no nível alto [25%], e as empresas localizadas no México podem começar a retornar aos Estados Unidos para fabricar seus bens e produtos. As companhias que se mudarem de volta aos Estados Unidos não vão pagar as tarifas ou serem afetadas de maneira alguma”, explica Trump.

Cerveja mais cara

Os Estados Unidos importaram $3.5 bilhões em cerveja do México em 2018. É um dos principais produtos de exportação do México, seguido de abacates e tomates. Todos esses produtos ficarão mais caros com o aumento do imposto.

Tarifas impostas ao México:

Taxação de 5% a partir de 10 de junho;

15% a partir de 1º de agosto;

20% a partir de 1º de setembro;

25% a partir de 1º de outubro;

Permanecer em 25% indefinidamente.

(Com informações do G1)