Trump demite encarregado de vigilância eleitoral do Homeland Security que disse que a eleição de novembro foi a mais segura da história americana

Christopher Krebs era encarregado de segurança digital e infraestrutura do departamento; DHS e outras agências federais fizeram uma declaração conjunta em resposta às alegações de fraude pelo presidente

0
1316

O diretor da Agência de Segurança Digital e Infraestrutura (Cybersecurity and Infrastructure Security Agency) do departamento de Homeland Security (DHS), Christopher Krebs, foi demitido nesta terça-feira (17) pelo presidente Donald Trump depois de afirmar que a eleição de novembro foi a mais segura da história americana.

Krebs era responsável pela salvaguarda da eleição contra interferência estrangeira e fraudes. A demissão é mais uma numa sequência de demissões que o presidente vem promovendo no alto escalão do governo logo em seguida à votação.

A declaração do DHS de que a eleição foi a mais segura da história foi uma resposta do departamento à insistência de Trump em alegar que ela foi fraudada, enquanto a equipe de advogados do presidente busca múltiplos recursos legais para contestar o resultado em alguns estados.

“Não há evidência de nenhum sistema de votação deletado, de votos perdidos, modificados, ou que tenham sido comprometidos de maneira alguma”, declarou o DHS na quinta-feira (12), em comunicado conjunto com diversas outras agências federais, incluindo a Associação Nacional dos Diretores Estaduais de Eleições (National Association of State Election Directors). “Todos os estados com resultados apertados na disputa presidencial de 2020 possuem registros em papel de cada voto, permitindo voltar e contar novamente cada voto, se necessário. Esse é mais um benefício somado para a segurança e a resiliência. O processo permite a identificação e a correção de qualquer erro ou deslize”, diz o comunicado das agência federais.

Trump anunciou a demissão pelo Twitter. Krebs respondeu também pelo Twitter: “Honrado por servir. Fizemos o certo. Defenda Hoje, Assegure o Amanhã.”