Trump suspende até o fim do ano a emissão de vistos de trabalho para estrangeiros

Entre os vistos suspensos temporariamente estão: L1, H1B e H-4, H2Bs e J1; a medida não se aplica aos trabalhadores que já estejam com o visto válido em mãos

0
1725
Trump afirma que objetivo é proteger o emprego dos americanos (Foto Reprodução CNN)

O presidente Donald Trump assinou, na segunda-feira (22), uma ordem executiva que suspende a emissão de novos vistos de trabalho para estrangeiros.

A suspensão começa a valer nesta quarta-feira (24) e deve durar até 31 de dezembro de 2020, mas a Casa Branca sinaliza que pode estender o prazo, se necessário.

O presidente argumenta que o objetivo da medida é proteger o emprego dos americanos após os efeitos da pandemia do novo coronavírus.

A medida interrompe a emissão dos vistos H-1B ou H-2B — vistos para trabalhadores de áreas que requerem alto grau de especialização ou trabalhos temporários ou sazonais;  visto J-1 — concedido a professores, pesquisadores e au-pair em regime de intercâmbio; vistos L-1, que é dado a profissionais transferidos aos EUA pela empresa onde atua.

Mais de 160 mil trabalhadores podem ser afetados pela medida, que não se aplica aos trabalhadores que já estejam com o visto válido em mãos, mesmo fora dos EUA.

 “Trabalhadores americanos competem contra estrangeiros por empregos em todo setor de nossa economia, inclusive contra milhões de estrangeiros que entram nos Estados Unidos para atuar no trabalho temporário”, justificou Trump.

“Em circunstâncias comuns, programas de emprego temporário bem administrados podem ajudar a dar benefícios à economia. Mas sob circunstâncias extraordinárias da contração econômica resultante do surto de Covid-19, alguns programas de vistos para não imigrantes que autorizam esse tipo de trabalho significam uma ameça incomum ao emprego de trabalhadores americanos”, completou o presidente.

Em abril, Trump assinou uma ordem suspendendo a emissão de green cards, mas tinha deixado de fora os vistos de trabalho. (Com informações da CNN e G1)