Tubarão ataca mulher e fica preso ao seu braço em Boca Raton

Jovem foi mordida por tubarão-enfermeiro. Mesmo depois de morto, o animal continuou preso ao braço da mulher

0
18984
Jovem foi levada para o hospital e passa bem
Jovem foi levada para o hospital e passa bem

Um pequeno tubarão atacou uma jovem de 23 anos  em uma praia de Boca Raton (FL), no domingo (15) e permaneceu preso ao seu braço. A mulher foi mordida por um tubarão-enfermeiro de cerca de 60 centímetros. A praia fica na 1400 da North Ocean.

Um outro banhista acabou matando o tubarão antes da chegada do resgate.

Uma testemunha disse que a jovem e outros banhistas estavam ‘brincando’ com o animal, tocando em sua cauda e este deve ter sido o motivo do ataque.

Jim Abernathy, um especialista em tubarões, disse que provavelmente a mulher agarrou a cauda do tubarão, que se virou e mordeu seu braço. “Eu tenho 99% de certeza de que a pessoa agarrou em sua cauda”, disse Abernathy. A mulher foi levada para um hospital de Boca Raton e passa bem.

“O tubarão não desistia. Ele mal estava respirando, mas não desgrudava do braço da banhista, parecia que estava preso a alguma coisa”, disse Shlomo Jacob que presenciou a cena.

Assim que os frequentadores da praia viram o ocorrido, todos saíram da água. “Nunca vi nada parecido e nem nunca tinha ouvido falar em algo assim”, disse o capitão dos Bombeiros Clint Tracy.

Tubarões enfermeiros são comuns na costa da Flórida e podem atingir 14 pés de comprimento. São conhecidos por terem dentes afiados e em formato de serra, entretanto, não é comum o ataque a humanos.

“Os banhistas sempre nadam perto desse tipo de tubarão e nada acontece. Ataques a humanos são raros, mas não impossíveis”, concluiu o bombeiro.