Um corredor morre e 16 passam mal durante meia maratona do Brooklyn; calor pode ter contribuído

Tragédia ocorreu quando os competidores enfrentaram altas temperaturas na manhã de sábado; das 16 pessoas que passaram mal quatro chegaram a desmaiar

0
1350
Competidores percorrem um total de 13.1 milhas (foto: Reprodução)
Competidores percorrem um total de 13.1 milhas (foto: Reprodução)

Um corredor de 30 anos morreu e outros 16 passaram mal durante a meia maratona do Brooklyn, em New York, na manhã deste sábado (21). A vítima fatal identificada como David Reichman sofreu um infarto ao fim da corrida, de acordo com informações do jornal The New York Times.  A perícia ainda não declarou oficialmente a causa da morte do atleta, mas considera que o calor na casa dos 80°F registrado durante a maratona tenha contribuído para que ele se sentisse mal.

As autoridades locais acreditam que boa parte das 16 pessoas que tiveram mal estar também tenha sido por causa da alta temperatura. Segundo um policial, quatro corredores chegaram a desmaiar perto da linha de chegada. No total, os competidores percorrem 13.1 milhas.

Em nota, o New York Road Runners, grupo que organiza a meia maratona, afirmou que “a saúde e a segurança dos corredores, voluntários, parceiros e funcionários continuam sendo a principal prioridade” do grupo.  A meia maratona do Brooklyn foi realizada pela primeira desde o início da pandemia de covid-19 em 2020.