Urso ataca e mata mulher e bebê no Canadá

Valerie Theoret, de 37 anos, estaria caminhando com sua filha Adele, de 10 meses, quando o animal as atacou

0
2325
Valerie Theoret, de 37 anos e sua filha Adele, de 10 meses
Valerie Theoret, de 37 anos e sua filha Adele, de 10 meses

Uma canadense e seu bebê morreram em decorência de um ataque de urso pardo no território de Yukon, no noroeste do Canadá, informaram autoridades nesta quarta-feira (28).

Valerie Theoret, de 37 anos, estaria caminhando com sua filha Adele, de 10 meses, quando o animal as atacou na segunda-feira.

O pai do bebê e companheiro da mulher tinha saído sozinho para pescar e, ao voltar, foi confrontado por um urso perto da cabana. Em seguida, ele achou os corpos da mulher e da filha. A cabana fica às margens do Lago Einarson, a mais de 400 quilômetros de Whitehorse, a única cidade em Yukon.

O casal se instalou na cabana enquanto durava a licença-maternidade de Theoret, que era professora em uma escola primária de Whitehorse.

O clima cada vez mais instável e a intrusão no habitat natural de algumas espécies animais causaram vários ataques nos últimos dois anos no Canadá, incluindo o assassinato em agosto de um caçador Inuit por um urso polar em Nunavut, no extremo norte do país.