Estados Unidos

Urso polar mata mãe e seu bebê de um ano no Alasca

Ataque ocorreu na rua, perto de uma escola; animal teria ainda perseguido outros moradores, até ser morto a tiros por um homem

Ataques de ursos polares a humanos são raros (foto: AP)

Um urso polar atacou e matou uma mulher e o filho dela de um ano de idade no Alasca, na terça-feira (17). O incidente ocorreu por volta das 2:30 p.m. na comunidade de Wales -uma área remota dos Estados Unidos próxima ao estreito de Bering -o ponto mais ocidental do continente americano.

Os nomes das vítimas são Summer Myomick (a mãe), de 24 anos, e Clyde Ongtowasruk ( o bebê). As autoridades informaram que o ataque ocorreu na rua, perto de uma escola. O animal teria ainda perseguido outros moradores, até ser morto a tiros por um homem.

Em comunicado emitido na noite desta quarta-feira (18), a Polícia do Alasca disse que enviou um representante do Departamento de  Caça e Pesca do estado para investigar o ocorrido. Eles querem descobrir o que teria atraído o urso para a comunidade, já que nessa época de inverno eles costumam ficar longe dos acampamentos humanos, e se concentram em caçar focas nos blocos de gelo que se formam no mar. 

As aulas na escola próximo onde as vítimas foram mortas estão suspensas e a diretora afirmou que a vila passa por um trauma. O último encontro fatal com ursos polares no Alasca foi registrado em 1990. 

Baixe nosso aplicativo