Van avança sobre pedestres e mata nove pessoas no Canadá

Polícia afirma que atropelamento foi intencional; pelo menos duas pessoas morreram e outras oito foram levadas para o hospital

0
1478
Policial é visto ao lado de uma vítima no local do atropelamento FOTO Carlo Allegri Reuters
Policial é visto ao lado de uma vítima no local do atropelamento FOTO Carlo Allegri Reuters

Uma van atropelou pedestres em Toronto, no Canadá, nesta segunda-feira (23), matando pelo menos nove pessoas e deixando pelo menos outras 17 feridas, segundo a CNN. De acordo com a polícia local, o veículo fugiu da cena, mas o suspeito foi preso momentos depois.

Uma testemunha disse à agência Reuters que são ao menos dois mortos no local, mas as autoridades não confirmaram o número de feridos ou mortos. De acordo com a agência o hospital Sunnybrook recebeu oito pacientes vindos do incidente.

As primeiras informações falam em cerca de dez pessoas atropeladas e os paramédicos ainda fazem atendimento no local. O veículo da cor branca teria subido a calçada na região da rua Yonge com a avenida Finch por volta de 1:30pm no horário local.

A van branca é da Ryder, uma empresa de aluguel de veículos. Em comunicado divulgado à imprensa, a empresa disse estar colaborando com as investigações: “A Ryder está ciente do incidente envolvendo uma van alugada atingindo pedestres em Toronto nesta segunda. Estamos tristes com este trágico evento. Levamos a segurança de toda a nossa frota muito a sério e estamos colaborando totalmente com as autoridades”.

Nas redes sociais, pessoas próximas da região registraram o trabalho de paramédicos. Algumas testemunhas disseram ao canal City News que “pessoas foram arremessadas para todos os lados”.

“Ouvimos um barulho de batida alto e alguém gritando”, disse uma das testemunhas. “Alguns quarteirões para frente tinha um homem deitado na rua. Ele tinha sido atingido por um veículo. Os sapatos dele estavam jogados longe. Claramente ele tinha sido atingido fortemente e arremessado longe”.

Um homem chamado Ali disse à CNN que viu a van e que o motorista parecia estar mirando nas pessoas: “Esta pessoa estava intencionalmente fazendo isso, ele estava matando todos. Ele continuou e continuou. As pessoas foram atingidas uma depois da outra”.