Vereadores de Miami-Dade autorizam cobrança automática de gorjeta em restaurantes do Miami International Airport

“Somos um aeroporto internacional e muitos viajantes não estão acostumados a dar gorjeta em seus países”, comentou um commissioner favorável à cobrança

0
2050
Restaurante Margaritaville no Miami International Airport (Foto MIA International Airport)
Restaurante Margaritaville no Miami International Airport (Foto MIA International Airport)

Veradores (commissioners) do condado de Miami-Dade decidiram por unanimidade autorizar a cobrança automática de 18% de gorjeta nas contas de consumidores do Miami International Airport. Se o consumidor decidir, ele pode optar por não pagar o famoso tip, que gera muito debate especialmente entre brasileiros.

A decisão dos vereadores veio depois que o prefeito do condado Carlos Gimenez ordenou que restaurantes e bares do local parassem de cobrar automaticamente pela gorjeta, citando um código civil de 1975, que afirma que trabalhadores de aeroportos não podem “solicitar tip”.

O aeroporto prontamente tomou providências, já que os garçons de bares e restaurantes do aeroporto ganham pouco mais de $5 a hora e dependem da gorjeta dos consumidores para terem um salário digno. O salário mínimo de $13.23 aprovado para a Flórida não inclui trabalhadores de bares e restaurantes.

Os vereadores aprovaram a cobrança por 12 votos a 0 para a cobrança automática da gorjeta. “Estamos em um aeroporto internacional e muitas pessoas não estão acostumadas a pagar gorjetas em seus países”, comentou o commissioner Jose Pepe Dias. (Com informações do Miami Herald)