Vestido de morte, advogado volta às praias da Flórida para alertar sobre a Covid-19

Segundo ele, o foco nas praias é devido a alta concentração de pessoas de outras cidades, que em parte resulta em aumento no número de contaminados

0
1444
Daniel Uhlfelder foi visto no último final de semana em Jacksonville (foto:USA Today/Reuters)
Daniel Uhlfelder foi visto no último final de semana em Jacksonville (foto:USA Today/Reuters)

Fantasiado de Grim Reaper ( o ceifador de vidas, na versão em português) o advogado Daniel Uhlfelder foi visto no último final de semana em Jacksonville, alertando banhistas para os riscos de contágio da Covid-19 na praia.

 Segundo ele, o foco nas praias é devido a alta concentração de pessoas de outras cidades e países, que em parte resulta em aumento no número de casos. No final do mês passado, ele processou o governador Ron DeSantis  pela reabertura “prematura” da costa litorânea.

“Quando comecei a fazer este trabalho, em março,  senti que as coisas iam piorar. Infelizmente, minhas previsões excederam o que eu pensava “, disse ao canal CNN.

Desde o retomou sua “turnê” pelo litoral,  Daniel viajou para as praias de Miami a Jacksonville e recebeu críticas de alguns banhistas.

“Vir aqui (na praia) vestido de Grim Reaper eu acho que é um pouco demais”, disse James Rivera, um dos frequentadores da praia de Jacksonville à CNN.  “Não vamos desistir de tudo porque estamos doentes. Por mais louco que pareça, é um pouco demais.”

A despeito das críticas, o Grim Reiper da Flórida disse que continuará fazendo sua parte. 

“Não é necessariamente o ato de estar na praia. Eles estão pegando ar fresco, estão se exercitando, e eu não tenho problemas com esse tipo de conduta. É o fato de as pessoas virem para a Flórida para usar nossas praias. Pessoas de todo o mundo que não se sabe a procedência”.