Wagner Moura fala de críticas a sotaque: “Eu fiz o que pude”

Ator vive traficante colombiano em série da Netflix e teve de aprender espanhol somente para viver o personagem

0
2409

DA REDAÇÃO – Estrela da série de TV “Narcos”, sobre a vida do traficante colombiano Pablo Escobar, exibida pelo serviço de streaming Netflix, o ator brasileiro Wagner Moura vem sendo criticado pelo sotaque com que fala espanhol na produção. Apesar da atuação elogiada, alguns seguidores da série vêm chamando a atenção para a pouca desenvoltura linguística do brasileiro no idioma -língua que Moura já disse ter aprendido enquanto filmava a série.

Sem conhecimento prévio em espanhol, ele se mudou para Medellín, terra do personagem, meses antes das gravações para aprender o idioma.

Sua atuação foi elogiada nos Estados Unidos –”digna de prêmios”, para o jornal “The New York Times”, e “distante dos clichês” sobre o chefão do tráfico, na revista “The Hollywood Reporter”.

Mas houve quem dissesse que a pouca naturalidade do ator ao dialogar em espanhol pesou. Na Colômbia, a revista “Arcadia” classificou a série de “decepção”, um “palimpsesto linguístico” do continente.

Moura falou ao jornal Folha de S.Paulo, sob a condição de que o jornal não editasse sua fala sobre o assunto. “Desculpe, não há muito o que falar. Acho que não cabe ficar me justificando de críticas. O trabalho está aí, tem gente que gosta e gente que não gosta, assim é que funciona esse negócio. ‘Narcos’ tem recebido críticas consagradoras mundo afora e não creio também que tenha que agradecê-las ou achar que estão todas certas. Posso dizer o seguinte: eu gosto muito da série e tenho muito orgulho do trabalho que fiz. Em ‘Narcos’, a maioria dos personagens colombianos é interpretada por atores que falam com outros sotaques. Luiz Gusmán é porto-riquenho, Paulina Garcia é chilena, Paulina Gaitán é mexicana, Alberto Ammann é argentino…

Claro que meu espanhol não é igual ao espanhol falado por um paisa `alguém da região` de Medellín. Tampouco é tão bom quanto o de qualquer um que fala essa língua desde que nasceu. Te garanto, no entanto, que fiz o melhor que pude.

Veja bem: Benicio del Toro, por exemplo, fez um Pablo Escobar extraordinário falando inglês no filme ‘Paradise Lost’. E Pablo nunca falou inglês na vida. ‘Narcos’é uma série feita para o mundo inteiro, não só para a Colômbia. Já imaginávamos, claro, que ia haver alguma polêmica lá, pelo simples fato de eu ser brasileiro e de Escobar ser um personagem fundamental nesse país (…) Claro que um ator tem que tentar chegar o mais próximo possível do personagem em todos os aspectos humanos, inclusive, se for o caso, da prosódia. Mas eu acho, sinceramente, que há coisas bem mais importantes que o sotaque.”

A primeira temporada de “Narcos” está em exibição no Netflix. Uma segunda temporada da série já foi confirmada e está em etapa de pré-produção, disse recentemente o diretor José Padilha.