Washington cria fundo de $40 milhões para indocumentados atingidos pela pandemia

Além da ajuda aos trabalhadores sem documentação, o governo de Washington irá repassar $3 milhões para outro fundo destinado aos pequenos agricultores – independente do status.

0
824
A ideia é repassar entre $500 e mil dólares para as famílias dos indocumentados (foto: flickr)
A ideia é repassar entre $500 e mil dólares para as famílias dos trabalhadores indocumentados (foto: flickr)

Após vários meses de pressão de grupos e organizações ativistas em favor dos direitos dos imigrantes do estado de Washington, o governador Jay Inslee ( partido Democrata), aprovou a criação de um fundo de ajuda aos trabalhadores indocumentados no valor de $40 milhões.

O fundo foi uma iniciativa da comunidade, do governo e de centenas organizações civis, e será repassado às famílias que perderam seus empregos em decorrência da pandemia e Covid-19.

A ideia é entregar entre $500 e mil dólares por família, dependendo do número de crianças.

Os procedimentos da distribuição do dinheiro e critérios de elegibilidade serão informados assim que o governo concluir a chamada pública para selecionar a instituição que fará a gestão da verba.

Além da ajuda aos trabalhadores indocumentados, o Estado irá enviar $3 milhões para outro fundo chamado Programa de Licença Paga pela Produção de Alimentos, que beneficiará os trabalhadores da agricultura familiar – independente do status.

“Temos que garantir que ninguém em nosso estado seja deixado para trás enquanto lutamos contra esta pandemia”, disse o governador Inslee.

 “O COVID-19 não se importa com o seu status de imigração. Devemos apoiar todas as famílias afetadas pelo vírus, especialmente aquelas que não possuem os meios necessários para se colocar em quarentena ou se isolar para prevenir a propagação. Isso é o certo para o bem-estar das pessoas, a saúde de seus colegas e a segurança de nossas comunidades”, concluiu.