Wendy’s chega ao Brasil com loja ‘gourmet’ e lanche de R$ 24

Primeira filial será em um cruzamento da Avenida Juscelino Kubitschek com a Rua Professor Atilio Innocenti, no sofisticado bairro do Itaim Bibi, em São Paulo

0
34147
Loja da rede de fast-food americana Wendy’s
Loja da rede de fast-food americana Wendy’s

A rede de fast-food americana Wendy’s anunciou na semana passada sua entrada no mercado brasileiro, com a abertura de duas lanchonetes em São Paulo.

Em sua estreia no Brasil, a rede americana (fundada em Ohio em 1969 e terceira maior do ramo no mundo) terá sua primeira filial em um cruzamento da Avenida Juscelino Kubitschek com a Rua Professor Atilio Innocenti, no sofisticado bairro do Itaim Bibi, com dois andares e em funcionamento no esquema 24 horas de quinta a sábado. A lanchonete deve ser inaugurada em 13 de julho. A segunda unidade, que funcionará no número 500 da Rua Funchal, na Vila Olímpia, tem previsão de abertura na semana seguinte, em um prédio de três andares. Outros três endereços devem chegar à cidade até o fim do ano.

Prato de cerâmica e copo de vidro

Neste primeiro momento, a rede aposta em sofisticar o serviço para se diferenciar dos concorrentes McDonald’s e Burger King, em modo de operação diferente do observado nos Estados Unidos, onde as lojas são bastante informais e a comida não tem nada de sofisticada.

“Vamos nos posicionar entre o cardápio barato dos fast-foods e as hamburguerias gourmet, em um estilo ‘fast-casual’”, afirmou à revista “Veja São Paulo” Marcel Gholmier, um dos sócios. A refeição, conta ele, chegará à mesa servida em pratos de cerâmica e as bebidas, em copos de vidro.

Tudo isso, é claro, tem um preço. No caso da Wendy’s, o sanduiche que a marca aposta que deve cair no gosto do brasileiro, o Baconator (dois hambúrgueres de carne tipo angus, queijo cheddar, maionese, catchup e seis tiras de bacon), custará R$ 24 — nos EUA, o mesmo lanche sai por volta de $6.