Youtuber Felipe Neto faz críticas a Bolsonaro em vídeo publicado pelo The New York Times

Em vídeo de seis minutos, Felipe Neto compara o presidente brasileiro com Trump e afirma que Bolsonaro “é o pior presidente durante a pandemia de coronavírus no mundo”

0
893
Felipe Neto dá sua opinião sobre o governo Bolsonaro em vídeo no NY Times (Foto Reprodução)

O youtuber Felipe Neto – conhecido por ter um dos maiores canais brasileiros do Youtube, com 38.8 milhões de inscritos – ganhou espaço no site do The New York Times esta semana. Neto fez um vídeo opinativo de seis minutos e 25 segundos comparando as políticas de combate à pandemia do coronavírus conduzidas pelo presidente Donald Trump e Jair Bolsonaro.

No Youtube, a publicação já conta mais de 500 mil visualizações no canal do NYT.  O vídeo é um “op-ed” – um termo em inglês que descreve uma opinião dissociada da visão do jornal, mas que é tornada pública por aquele veículo como forma de incentivar debates.

No vídeo gravado em inglês (assista aqui), Neto afirma que Bolsonaro é “o pior presidente durante a pandemia do coronavírus no mundo”. E acrescenta: “comparado a Bolsonaro, Donald Trump é o Patch Adams”, em referência ao médico americano famoso por sua metodologia lúdica utilizada para tratar pacientes. 

Ele explica quem é Jair Bolsonaro sob seu ponto de vista, fala sobre as raízes militares do presidente e de sua admiração por armas, além de afirmar que ele é homofóbico e fazer outras críticas. 

Para comparar as ações de Trump e Bolsonaro – líderes dos dois países que concentram o maior número de casos de coronavírus no mundo – Neto mostra que Trump foi criticado por ter participado de uma convenção do Partido Republicano em Tulsa, Oklahoma, sem máscara, mas que Bolsonaro “faz isso o tempo todo”. 

O youtuber cita, ainda, a obsessão dos dois presidentes quanto ao uso da hidroxicloroquina e fala sobre a demissão de ministros da saúde em meio à pandemia. 

“A situação é tão feia que até mesmo Trump disse que a situação do Brasil não é boa”. 

O youtuber fala da “amizade” entre os dois presidentes e encerra o vídeo fazendo um apelo para que os americanos não reelejam Donald Trump. “Se você está se perguntando o que fazer para ajudar o Brasil a se livrar de um presidente lunático, por favor não reeleja o de vocês. Em novembro, mantenha Trump fora da Casa Branca”.