A pouco mais de 40 dias dos jogos, Vila Olímpica é apresentada no Rio de Janeiro

Casa dos atletas foi apresentada na data em que é comemorado o Dia Olímpico

0
3392
Vila Olímpica é um complexo com 31 prédio e 3,6 mil apartamentos (Foto: Rio 2016)
Vila Olímpica é um complexo com 31 prédio e 3,6 mil apartamentos (Foto: Rio 2016)

DA REDAÇÃO – O Dia Olímpico, celebrado nesta quinta-feira (23), marcou também a apresentação da Vila Olímpica, que durante os Jogos Rio 2016 vai hospedar mais de 20 mil pessoas, entre atletas e oficiais de equipe. A data remete à criação do Comitê Olímpico Internacional (COI), que no seu aniversário promove campanhas em todo o mundo para incentivar a prática esportiva.

A Vila abre no dia 24 de julho, quando os primeiros competidores começam a chegar. Trata-se de um complexo de sete condomínios com 31 prédios de até 17 andares, totalizando 3.604 apartamentos. As acomodações recebem mais de 17 mil pessoas no pico dos Jogos Olímpicos, além de outras 6 mil nos Jogos Paralímpicos.

O objetivo da Vila Olímpica é prover acomodação, atividades de recreação e todos os serviços necessários para que os atletas se concentrem nas competições sem precisar sair do complexo. Lá estão disponíveis serviços como banco, lavanderia, floricultura, lojas de conveniência, central telefônica, correios e bilheteria.

O estacionamento funciona como uma rodoviária para até 300 ônibus, enquanto o restaurante abre 24 horas e serve mais de 60 mil refeições por dia. Na Vila Olímpica ainda existem sala de recreação, salão de beleza, centro inter-religioso e uma academia de última geração com 1,8 mil metros quadrados. Um dos quartos que recebem atletas na Vila Olímpica (Foto: Rio 2016/Alex Ferro) Atletas refugiados se sentem em casa na Vila Olímpica As obras estão quase concluídas. Nos próximos dias, uma cerca dupla será instalada no entorno do espaço, e um treinamento com os voluntários está marcado para a próxima semana. “Ter um time bem preparado em ação é algo fundamental para o sucesso da Vila”, afirmou Mário Cilenti, diretor da Vila.