AB Catering: o doce sabor do sucesso

0
1630

Era uma vez uma moça que veio para os Estados Unidos cheia de sonho, disposta a apostar no seu conhecimento de jornalismo de esportes a motor. O tempo passou e, em vez de se ver dirigindo um protótipo, acabou pilotando um fogão.

À primeira vista, pode parecer uma história triste. Ledo engano. A história é real e a cozinheira tem nome: Deborah Rosalem. Só que, ao contrário do que possa imaginar os incautos, ela é uma vencedora.

Em pouco mais de cinco anos de atividades, transformou a AB Catering numa empresa bem-sucedida, com 16 funcionários e uma gigantesca cozinha industrial de três mil pés quadrados, instalada num armazém na cidade de Pembroke Pines, em Broward.

Assim, a empresa que começou com seu esforço e o de uma fiel escudeira já atua em vários segmentos da indústria de alimentação: catering, comida congelada, cafeterias para empresas e festas – eventos para os quais ela contrata mão-de-obra temporária, como garçons e outros profissionais da área de atendimento.

Conceito inovador – Assumindo as funções de criadora de cardápios e principal vendedora de serviços, Deborah criou um conceito inovador para atender as empresas: montar cafeterias dentro de suas dependências para atender os funcionários. E não são empresas pequenas. A AB Catering administra uma cafeteria na Microsoft, outra na Embraer e acaba de fechar um contrato para mais quatro na American Express – sendo que duas já estão em funcionamento e mais duas deverão entrar em operação em breve.

Para se ter uma idéia da grandiosidade do projeto, as três empresas juntas contam com mais de dois mil funcionários, sendo que cerca de 300 deles comem diariamente as refeições preparadas pela equipe da AB Catering. E no próximo mês este número deve subir consideravelmente, com a inauguração das outras duas cafeterias na Amex. “O trabalho vem sendo tão cansativo que daqui a pouco começarei a delegar tarefas”, admite Deborah.

E ela conta com três outros chefs para supervisionar a preparação dos cardápios. “Na verdade, as cafeterias representam outro serviço prestado àquelas empresas, que já eram nossas clientes no segmento de catering”, esclarece a empresária. Ou seja, elas garantem um grande movimento à AB Catering das segundas às sextas-feiras.

Números impressionantes – Os números da AB Catering são de impressionar. A cozinha industrial tem dois freezers do tamanho de um quarto cada um e o consumo diário de comida é de 300 libras em média, 50 libras de frango por dia, 200 pés de alface por semana, 100 libras de arroz e 35 libras de arroz por semana.

Todos os dias, a AB Catering prepara 20 diferentes tipos de saladas, que são entregues nas cafeterias das empresas, juntamente com quatro diferentes pratos quentes mais arroz e feijão e cinco tipos de sobremesa.

Mas Deborah quer que outroas pessoas desfrutem de seus cardápios. Para isso, abriu há dois meses almoços para os trabalhadores de trinta escritórios que ficam próximos de sua cozinha industrial , através do sistema “Lunch to Go”.

Outra opção que se tornou uma das preferidas da região é o serviço com cinco qualidades de comida, por apenas cinco dólares. A AB Catering serve ainda sobremesa e refrigerante, se o cliente preferir. Às vezes, forma-se até fila para almoçar.

Festas e cruzeiros – Para diversificar suas atividades, Deborah Rosalem ainda comercializa pratos congelados – os pilotos brasileiros da IRL foram seus primeiros clientes – e oferece um serviço completo para festas. Praticamente todos finais de semana ela e sua equipe estão atendendo festas de casamentos, aniversários, convenções e outras.

A AB Catering já fez um trabalho junto à Royal Caribbean, com suas refeições sendo servidas a bordo. Ela recebeu, há algum tempo, uma proposta para preparar o cardápio de um cruzeiro pelo Caribe. Na época, outros compromissos a impediram de aceitar o convite. Agora, porém, ela está pronta para enfrentar mais este desafio.

Na verdade, Deborah Rosalem quer embarcar num navio que possa levar suas comidas e o sonho de empresária que se tornou realidade.