Advogado tira dúvida dos leitores sobre imigração – Edição 568

0
4245

Clique aqui para enviar sua dúvida de imigração, ela será respondida na medida do possível


Ludo Gardini, advogado com escritório em Pompano Beach (FL), telefone (855)337-8440.

Sou brasileira naturalizada americana, moro nos Estados Unidos há 15 anos. Minha pergunta não é  para mim, mas para uma amiga. Ela morou nos Estados Unidos ilegal por 10 anos, casou com um brasileiro tambem ilegal e teve dois filhos.  Agora ela está em Recife com filhos e ex-esposo. Ela não deu entrada no divórcio nos Estados Unidos antes de voltar, agora ela começou um relacionamento online com um cidadão americano e ele por sua vez gostaria de casar com ela e trazê-la com os filhos de volta aos Estados Unidos. Em sua experiência o que ela deve fazer? Ela tem recebido muitas informações de que vai ser muito dificil, que ela precisa solicitar pedido de perdão e etc. O que você acha?
Gardini –
Sim vai ser difícil, demorado, mas possível. Primeiro ela tem que fazer um divórcio e para o mesmo ela terá que averbar o casamento feito nos EUA no Brasil, o que deveria ser feito no consulado, mas acredito que deva ser feito em qualquer cartório. Depois disso proceder com o divórcio no Brasil. Quando o divórcio for feito, aí sim ela poderá casar com o cidadão americano e começar o processo de green card e pedido de perdão.  O processo de green card deverá levar em média de 12 a 16 meses e depois disso terá que esperar a resposta do perdão que deverá levar em torno de 7 a 9 meses. Ou seja tempo total será de 19 a 25 meses, isso em média. Lembre-se que eu não estou mencionando o tempo para ela conseguir o divórcio.

Olá, eu e minha esposa moramos nos EUA, eu fiquei  cinco anos e ela ficou dois anos tivemos e uma filha.  Em setembro de 2007, fomos barrados no aeroporto de NY pela imigração, ao tentar retornar aos EUA porque, segundo eles, deveríamos ficar cinco anos sem retornar aos EUA. Já se passaram oito anos, estou estabilizado, minha filha americana tem dez anos. O que tenho que fazer para retornar?
Gardini –
Tem que ir ao consulado americano tentar o visto. Na verdad, o seu castigo não é de cinco anos, e sim de 10 anos. Você recebeu um segundo castigo de cinco anos quando você foi deportado do aeroporto, mas você já tem um castigo de 10 anos que começa a contar da sua saída dos EUA antes de 2007. Vamos supor que que você saiu dos EUA em 2006 então seu castigo iria até 2016, aí você tentou reentrar em 2007, (mais 5 anos) o que venceria em 2012. Mas mesmo que o castigo de cinco anos de 2007 vença mais rápido ainda tem o problema do castigo de 10 anos, por você ter ficado ilegal nos EUA por mais de uma ano.

Morei nos Estados Unidos por sete anos, tenho uma filha de 7 anos nascida aí.  Há 5 anos voltei para o Brasil. Há três anos tentei o visto americano, foi negado e junto me deram um castigo de 10 anos sem poder entrar nos EUA. Porém nesse período eu peguei minha cidadania italiana. Tem alguma possibilidade de eu poder entrar aí antes do castigo vencer? Que será em 28/03/2020. Desde já muito obrigado.
Gardini –
NÃO – o seu passaporte italiano não te dá direito de entrar, se você tentar existe uma possibilidade muito grande de você ser deportado do aeroporto e tomar mais cinco anos de castigo.

Morei nos EUA ilegal de 98 a 2008, quando voltei ao Brasil. Tenho uma filha maior de 21 anos que é cidadã americana. Gostaria de saber se ela pode dar entrada no green card para mim.
Gardini –
Ainda NÃO. Ela poderá fazer o pedido de green card para você em 2017 e sua entrevista sendo em 2018, dez anos após sua chegada no Brasil. Não existe perdão de filhos para pais. Mas o lado bom é que sua espera agora é de dois anos e isso passa rápido.

Vim para os EUA este ano, e agora pedi a extensão do visto . Estou no país ainda mas não saiu a resposta da minha extensão. Nesse tempo tive uma filha aqui, tenho 5 meses que entrei no país, legalmente , como turista. Agora pretendo retornar ao Brasil . Quando quiser voltar aos EUA , terei algum problema por ter tido uma filha aqui?
Gardini –
Não deveria ter problema nenhum, pois você não quebrou nenhuma lei americana. Mas com certeza você pode ser questionada a respeito da sai filha, mas isso não deveria ser impedimento nenhum.

Minha filha tem 15 anos e tem green card de 10 anos,  porém ela está no Brasil com minha mãe há três anos. Sou cidadã americana. Como proceder para dar cidadania a ela? Aplico nos Estados Unidos? Se ela tentar entrar nos EUA com o green card, poderá ser barrada?
Gardini –
A aplicação deverá ser feita nos EUA, sim ela poderá ter problema na entrada, mas pelo fato de ser menor de idade eu acho que isso não seria muito sério. Três anos de Brasil existe um entendimento pela imigração que ela desistiu do green card (residência permanente) e isso poderia se apresentar como um problema. Você vai ter que provar que nunca houve a intenção da sua filha de desistir da residência permanente (green card) ai pode ser que dê certo.