Agentes federais apreendem 1.4 mil pounds de barbatanas de tubarão no Porto de Miami

Prática de extração da barbatana de tubarão é ilegal nos Estados Unidos desde o ano 2000; parte do tubarão é utilizada como iguaria na Ásia; mercadoria tem valor estimado em $1 milhão

0
927
Extrair barbatanas de tubarão é crime (Foto divulgação U.S. FISH AND WILDLIFE SERVICE)

Agentes do U.S. Fish and Wildlife Service divulgaram nesta segunda-feira (3) a apreensão de 1.400 pounds de barbatanas de tubarão, que estavam em caixas em um navio atracado no Porto de Miami. Os inspetores encontraram as 18 caixas no dia 24 de janeiro. 

Para extrair a barbatana do tubarão, o animal é morto e seu corpo é descartado após a prática, considerada extremamente cruel. Nos Estados Unidos esse tipo de pesca é proibida desde o ano 2000.  Os agentes acreditam que o crime ambiental foi cometido na América do Sul.

A mercadoria apreendida é muita valorizada na Ásia, onde é consumida em sopas e outros pratos. Segundo os agentes, as barbatanas seriam vendidas por até $1 milhão. Ninguém foi preso até o momento e as investigações estão em andamento. (Com informações do Miami Herald)