Airbnb proíbe festas em casas e alojamentos alugados pela plataforma em todo o mundo

Em nome da saúde pública, a plataforma Airbnb decidiu tomar esta decisão que "permanecerá em vigor indefinidamente".

0
966
Airbnb
Empresa informou que 73% das acomodações oferecidas no local já proibiam a realização de qualquer evento (foto: Wikimedia)

A Airbnb informou nesta quinta-feira (20), que aplicou uma “proibição mundial” a todos os tipos de festas e eventos nos alojamentos anunciados na plataforma, além de estipular uma ocupação máxima de 16 hóspedes por alojamento.

“Esta proibição”, diz o comunicado, “aplica-se a todas as futuras reservas na plataforma Airbnb e permanecerá em vigor indefinidamente até nova determinação”.

Segundo a empresa, com a pandemia de Covid-19, os usuários optaram por transferir o que faziam em bares ou discotecas para casas alugadas por meio da plataforma.

Com a implementação de uma proibição global de festas e eventos nos alojamentos, a Airbnb acredita que irá contribuir para a “defesa da saúde pública”. 

De acordo com o balanço da Organização Mundial de Saúde (OMS), o novo coronavírus já causou a morte a pelo menos 787.918 pessoas e infetou mais de 22 milhões em todo o mundo, desde dezembro, em 196 países e territórios.

Os Estados Unidos são o país mais afetado com 173.193 óbitos para 5.530.247 casos. Depois vem o Brasil com 111 mil mortes e 3.456.652 casos, México com 58.481 mortes (537.031 casos), Índia com 53.866 mortes (2.836.925 casos) e Reino Unido com 41.397 mortes (321.098 casos).