Ameaça da Coreia do Norte preocupa ONU

Kim Jong-un disse que não cumprirá mais acordo com Estados Unidos

0
626
Kim Jong-un fez críticas aos EUA (Foto: Kremlin)
Kim Jong-un fez críticas aos EUA (Foto: Kremlin)

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, manifestou sua preocupação com a postura do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, em relação à retomada de testes nucleares. No último dia do ano, o norte-coreano afirmou que o mundo iria testemunhar uma nova arma estratégica e deu a entender que voltaria a realizar exercícios militares.

“Não há condições de mantermos unilateralmente o acordo de interromper os testes nucleares, até porque os Estados Unidos não têm correspondido com as medidas apropriadas”, disse Kim Jong-un, ao final de um evento no país asiático. Ele fez duras críticas ao presidente Donald Trump, numa clara demonstração de que as divergências entre Pyongyang e a Casa Branca são grandes, apesar da recente aproximação.

Para o secretário-geral da ONU, a abordagem diplomática seria o único caminho para uma paz sustentável. “A não proliferação continua sendo um pilar fundamental da segurança nuclear global e deve ser preservada”, resumiu Guterres, declarando seu apoio à volta do diálogo quanto à desnuclearização da Península Coreana.