Ameaça do furacão Matthew ao sul da Flórida ainda está indefinida

Boletim das 11 a.m de domingo (2) do National Hurricane Center diz que furacão diminuiu um pouco a força, de categoria 5 para 4, com ventos de 140 milhas por hora

0
2068
Matthew vai chegar a Jamaica e Haiti com ventos de 140 milhas por hora

DA REDAÇÃO — Depois de castigar o sul do Caribe, o furacão Matthew – que chegou a alcançar a categoria 5, a mais forte da escala, com ventos de 160 milhas por hora — teve sua força ligeiramente reduzida para categoria 4, com ventos de 150 milhas por hora, e começa a virar para o norte, na direção da Jamaica e da parte oeste do Haiti. A ameaça ao sul da Flórida ainda é uma incógnita, embora o boletim das 11 a.m. deste domingo do National Hurricane Center (NHC) tenha colocado o cone de probabilidades da trajetória futura da tempestade um pouco mais distante do estado.

Matthew deve começar a afetar Jamaica e Haiti mais tarde este domingo, e o centro da tempestade passará sobre as ilhas na segunda-feira, com categoria 4, com ventos sustentados de 140 milhas por hora e chuvas torrenciais, que podem causar inundações e desabamentos.

Em Kingston, capital da Jamaica, a população correu para os supermercados para comprar suprimentos de emergência, como água, comida enlatada e pilhas.

Na base naval americana de Guatanamo Bay, em Cuba, foi decretada a evacuação de todo o pessoal não essencial, incluindo cerca de 700 famílias de militares.

A maioria das projeções para sua trajetória colocam a tempestade a leste do sul da Flórida, mas o estado continua muito próximo do cone de probabilidades divulgado no último boletim do NHC. Um impacto não está descartado.

“É importante lembrar que, em média, a previsão de trajetória feita pelo NHC é de 175 milhas para quatro dias e 230 para cinco dias”, disse o boletim do centro de ontem. “Assim, ainda é cedo para descartar a possibilidade do furacão Matthew atingir a Flórida”. O boletim diz que essa probabilidade foi calculada em 5% pelo National Weather Service (NWS). As chances da região ser castigada por tempestades tropicais causadas por Matthew são maiores, entretanto – cerca de 20%.

“Tudo vai depender da forma e da velocidade que Matthew vai apresentar depois do fim de semana”, diz o NWS.

Se Matthew afetar o estado, seus efeitos serão sentidos entre terça (4) e quinta-feira

É esperada uma redução na força da tempestade ao passar sobre as montanhas de Jamaica, Haiti e Cuba, quando se espera que será rebaixada para a categoria 2. Mas ganhará força na terça-feira, quando estive sobre as águas quentes das redondezas das Bahamas. Para a quinta-feira (6) a previsão é de que alcance a categoria 3, com ventos entre 119 e 129 milhas por hora.