Estados Unidos Geral

Americana morre após violento ataque de tubarão durante snorkeling no Hawaii

Cena trágica foi presenciada por outras pessoas, que relataram terem visto o enorme e agressivo predador abocanhar a vítima

Espécie de tubarão que mordeu a mulher foi descrita com tubarão-tigre (foto: Wikimedia)

Uma turista de Washington D.C. morreu após ser atacada por um tubarão na ilha de Maui, no Hawaii, no último dia 8 de dezembro. Ela estava praticando snorkeling com o marido quando foi mordida e desapareceu no mar sem deixar vestígios. A cena trágica foi presenciada por outras pessoas, que relataram terem visto o enorme e agressivo predador abocanhar a vítima.

Ao Department of Land and Natural Resources, um homem contou que quando o tubarão se aproximou da dupla, ele começou a gritar para os dois saírem da água. Logo depois, o animal deu um “bote mortal, e muito sangue surgiu na superfície”.

O tubarão permaneceu no local por alguns minutos, nadando em círculos em volta do homem, mas acabou indo embora . É um “acidente trágico”, disse uma das autoridades chamadas para atender à emergência.

A espécie responsável pelo ataque ainda não foi confirmada, mas, segundo a descrição das testemunhas, trata-se de um tubarão tigre, que está entre os três mais ameaçadores para os humanos, juntamente com o tubarão touro e o tubarão branco.

Alguns dias atrás, um idoso de 68 anos estava nadando na Baía de Anaehoomalu, também no Hawaii, quando foi mordido na parte inferior do tronco. Ele foi levado às pressas para o hospital onde se recupera lentamente. Em julho, uma moradora da Pensilvânia morreu nas Bahamas ao também ser fatalmente ferida durante um mergulho na ilha de Nassau. De acordo com o International Shark Attack File, 182 foram registrados no Hawaii nos últimos 200 anos.

Baixe nosso aplicativo