Americanos se oferecem para receberem refugiados sírios em casa

0
728

Centenas de americanos se ofereceram na última semana para receber refugiados sírios em suas casas, dizendo em uma petição on-line que os Estados Unidos precisam aceitar mais pessoas que fogem da guerra civil.

Quase 1.300 pessoas tinham assinado a petição no site progressivo MoveOn.org pedindo que os EUA suspendam o limite para refugiados sírios, enquanto a Europa luta para lidar com números recordes de pedidos de asilo.

A ONU diz que 4 milhões de pessoas fugiram dos combates desde o início da guerra civil em 2011. Os Estados Unidos admitiram cerca de 1.800 refugiados, e a Casa Branca disse que está avaliando respostas à crise, incluindo o reassentamento.

Um signatário da petição, o reverendo Everett Shattuck, de 59 anos, disse que abrir a casa para refugiados faz parte da tradição dos EUA de acolher imigrantes.

“Além disso, temos de compartilhar alguma responsabilidade (pela guerra) por causa de nossas mudanças de regime no Oriente Médio. A maioria desses refugiados são um resultado disso”, disse Shattuck, em referência à invasão norte-americana do Iraque, em 2003.