Amigos e familiares lamentam a morte de brasileiro em lago de Pompano Beach

Segundo a polícia, corpo de Renato Mayrink, de 30 anos, foi encontrado boiando em lago e acredita-se que ele tenha batido a cabeça ao mergulhar

0
5371
Renato Mayrink era muito querido na comunidade brasileira no Sul da FL
Renato Mayrink era muito querido na comunidade brasileira no Sul da FL

Amigos e familiares do brasileiro Renato Mayrink lamentam sua morte precoce ocorrida no dia 2 de setembro em um lago (intercostal) na região entre Pompano Beach e Deerfield Beach. A polícia não divulgou as causas da morte, já que as investigações estão em andamento, mas acredita-se que ele tenha batido a cabeça em uma pedra ao mergulhar.

Apaixonado por barcos, Mayrink era um excelente nadador, segundo amigos próximos, que escreveram dezenas de depoimentos homenageando o brasileiro nas redes sociais.

É verdade que um sobrinho não é um filho, mas ninguém pode negar que às vezes o amamos como se fosse. Assim é com você, meu sobrinho filho. Obrigado por tantas vezes você dizer que me considerava um pai também.  Você me encheu de orgulho, e foi um privilégio assistir ao seu crescimento. Te amamos. Descanse em paz”, escreveu Amarildo Perrut nas redes sociais.

A manhã trouxe a dolorida notícia da sua partida. E tantas pessoas choraram e lamentaram que o céu sensibilizado também chorou e trouxe a chuva pesada na madrugada! Nossas lágrimas transbordaram a atmosfera! Você veio ao mundo espalhar sorrisos, energia boa, otimismo, carinho, amor! Você era um bon vivant, bem-humorado, amante dos prazeres da vida. Gentil e educado! Esforçado e corajoso! E sua coragem te proporcionou tantas conquistas! Você foi luz na vida dos seus amigos e familiares! Que sorte a minha ter tido o prazer de te conhecer. Que sorte de Deus te ter por perto, lá em cima, hoje, está um lugar mais feliz! Um dia a gente se encontra! Eu queria dizer adeus, mas a vida não nos permite despedidas. Vá em paz meu amigo”, escreveu Thamer Frossard.

Para arrecadar fundos para despesas com o funeral, amigos criaram uma página no GoFundMe para quem puder ajudar.