Amigos fazem campanha para Youtuber preso pela Imigração na Flórida

Brasileiro está preso desde o fim de março; dinheiro vai ser usado para pagamento de despesas com advogado

0
14179
Reginaldo Junior dos Santos está preso no BTC em Pompano Beach
Reginaldo Junior dos Santos está preso no BTC em Pompano Beach

Amigos do Youtuber brasileiro Reginaldo dos Santos Júnior, que foi preso pela Imigração no final de março, lançaram no website GoFundMe.com uma campanha que visa angariar $20 mil. O dinheiro arrecadado será utilizado para pagar as despesas do internauta, que foi preso por agentes do U.S Immigration and Customs Enforcement.

Até a tarde de terça-feira (2), haviam sido doados $1.028 na página: https://www.gofundme.com/3pb7zz4, iniciada por Alexandre Nardi, morador em Orlando (FL).

“Pedimos ajuda para o Júnior Santos. Como todos sabem ele está precisando de ajuda neste momento difícil da vida dele, como todos sabem ele é um cara que sempre batalhou pela vida, ajudou muitas pessoas com vídeos e informações sobre os EUA. Se você gosta dele e quer ajudar ele neste momento difícil chegou a sua vez!! Contamos com você”, diz a página.

Entenda o caso

Muito querido e popular na comunidade brasileira que vive no Sul da Flórida, Juninho Santos, como é conhecido, teria sido preso depois de não comparecer a uma audiência de multa de trânsito. Diversos relatos nas redes sociais, entretanto, dão conta de que o Junior teria se envolvido em uma briga e, por esse motivo, estaria preso.

Natural de Governador Valadares, Juninho Santos é morador de Pompano Beach e mudou-se para os EUA há mais de 10 anos, onde, de acordo com informações obtidas pelo BT, vivia ilegalmente, após ter entrado no país pela fronteira com o México.

O canal no Youtube do brasileiro tem atualmente 114 mil inscritos e, para a surpresa desses milhares de seguidores, todos os vídeos foram retirados do ar sem nenhuma prévia explicação.