Ano de 2017 foi o mais seguro da história da aviação comercial

0
1241

As companhias aéreas fecharam o ano de 2017 com um registro de zero mortes de passageiros em voos comerciais, de acordo com a consultoria holandesa To70 e a Aviation Safety Network (ASN), tornando-o o ano mais seguro da história da aviação. As informações são da Veja.

No período foram conquistados dois novos recordes: 398 dias sem nenhum acidente envolvendo passageiros e 792 dias sem acidentes com mais de 100 vítimas.

A tragédia do voo da Chapecoense, em novembro de 2016, é o último registro de um acidente com um voo comercial. A última vez em que um acidente deixou mais de 100 vítimas foi em outubro de 2015, quando um voo da companhia russa Metrojet foi alvo de uma bomba implantada por terroristas. O avião caiu no Deserto do Sinai, no Egito, matando todas as 224 pessoas que estavam a bordo.

Segundo a ASN, o índice de acidentes fatais em voos comerciais é de uma morte para cada 7.360.000 de voos. Nas últimas duas décadas, mortes causadas por acidentes envolvendo aviões comerciais têm caído significativamente. Em 2005, o número de vítimas chegou a 1.015.

“Essa redução ocorreu em grande parte graças ao esforço contínuo de organizações ligadas à aviação internacional e da indústria da aviação” afirmou Harro Ranter, presidente da ASN.