Apesar da pandemia, visitas porta a porta para o Censo 2020 tem início em todo o país

Com base no Censo, o governo traça o perfil de cada estado e direciona políticas para atender às demandas específicas dos seus habitantes. O Censo também será usado para decidir a quantidade de doses que deverão ser administradas quando uma vacina contra o coronavírus estiver pronta.

0
970
A opção de responder online ainda está disponível pelo site 2020census.gov
A opção de responder online ainda está disponível pelo site 2020census.gov

Apesar da pandemia de Covid-19, os trabalhadores do censo 2020 deram início ao levantamento populacional porta a porta. Os recenseadores farão a pesquisa usando máscaras e respeitando o distanciamento social.

A medida de visitar pessoalmente as residências para coletar os dados dos moradores se deu devido à baixa participação online da população. Até o momento, menos de 64% das pessoas preencheram ao questionário online. A expectativa é que pelo menos 56 milhões de endereços sejam visitados em todo o País.

O censo deve ser respondido por todos, independente do status imigratório. A pesquisa serve para traçar o perfil da população de cada estado, determinar a quantidade de representantes no Congresso, e alocar recursos para investimentos em políticas públicas.

Por exemplo, quando uma vacina contra o coronavírus estiver pronta para ser administrada, as autoridades de saúde pública provavelmente terão que confiar nos dados do censo para decidir  a quantidade de doses que deverão ser administradas.       

A previsão é que as visitas dos recenseadores que começaram esta semana sejam concluídas até o dia 30 de setembro.

As famílias ainda podem responder online em pelo site 2020census.gov, ou pelo telefone (844) 330-2020 .