Protestos paralisam votação de decreto sobre prisão de moradores de rua em Miami

Projeto do vereador Joe Carollo, do Partido Republicano, sugere prisão e multa às pessoas flagradas dormindo em espaços públicos da cidade. 'Cada um de vocês aqui pode levar um mendigo pra casa', disse o vereador aos manifestantes

0
626
Se o decreto for aprovado, além da cadeia, o desabrigado pode ter que pagar multa de $500,00 (foto: Reprodução Local 10 News)

Um grupo de pessoas em situação de rua se juntou a ativistas pelo direito à moradia em frente à prefeitura de Miami nesta quinta-feira (14), para protestar contra um decreto da Câmara Municipal que autoriza a prisão de pessoas que forem flagradas dormindo em espaços públicos.

A proposta é do vereador Joe Carollo, do Partido Republicano, distrito de Little Havana. O texto de Carollo já havia sido aprovado em uma sessão legislativa ocorrida em 23 setembro com apenas um voto contrário, e estava agendado para ser votado pela segunda vez nesta quinta.

O projeto determina que, antes de ser levado à prisão, seja oferecido um abrigo público ao sem-teto e, caso ele não aceite, seja preso e multado em $500,00.

A votação, entretanto, teve que ser adiada após os manifestantes tomarem o plenário da Câmara com protestos contrários. “Estar em um abrigo ainda significa não ter moradia”, disse David Peery, diretor- executivo do Miami Coalition to Advance Racial Equity, ao WLRNews South Florida.

De acordo com David, há muito desentendimento sobre as pessoas que vivem nas ruas e é um equívoco achar que é uma opção não ter um lar.

“Estar nas ruas é intensamente traumatizante. Você fica vulnerável a roubo, à violência, você não tem integridade sobre seus bens”, disse . “Moradia é um direito, nós não vamos aceitar isso sem lutar”, acrescentou.

Antes de anunciar a suspensão da sessão legislativa, o autor do projeto sugeriu que os ativistas “adotem os moradores de rua”.  “Cada um de vocês aqui pode levar um mendigo pra casa”, disse Carollo.

A nova data de votação do decreto foi agendada para o próximo dia 28 de outubro.