Arnaldo Cezar Coelho se despede da TV brasileira

Ex-árbitro estava na Globo desde 1989 como comentarista; público lamenta saída

0
1513
Arnaldo Cezar Coelho ao lado de Galvão Bueno
Arnaldo Cezar Coelho ao lado de Galvão Bueno

O comentarista de arbitragem Arnaldo Cézar Coelho decidiu se despedir da televisão e se dedicar a dar palestras, viajar e descansar. Aos 75 anos, o ex-árbitro Arnaldo se despediu da telinha na terça-feira (20) na transmissão do jogo entre Brasil e Camarões.

“A vida tem etapas e objetivos. Quando parei de apitar e fui ser comentarista, era um projeto novo, um frescor. Fiquei por 29 anos e cheguei a um momento que não tenho mais meta. Então, antes que eu me torne uma pessoa relaxada na função, é hora de sair de cena”, revelou ele.

O comentarista já havia dito, após a final da Copa do Mundo deste ano, que iria se aposentar.  Seu contrato com a Globo vai até o fim do ano, com possibilidade de prorrogação por mais 12 meses. Porém, ele preferiu rescindir o acordo.

“Pretendo dar palestras, posso ter a oportunidade de fazer publicidade. Mas a intenção imediata é viajar, tirar férias”, avisou ele.

Há quase 30 anos ao lado de Galvão Bueno, o ex-árbitro escolhe o momento mais marcante da carreira. “A final da Copa de 94. Quando Baggio perdeu o pênalti, a gente pulava tanto… Eu agarrei o Galvão, numa gravata, e ele gritava “é tetra”, abraçado ao Pelé, faltando ar (risos)”.

A internet lamentou a aposentadoria do comentarista. O fim da parceria com Galvão, inclusive, parece ter levado parte dos internautas às lágrimas. Pode isso, Arnaldo?