Assessor de estrelas, emprego cobiçado

0
891

A maioria das pessoas gosta de fazer compras, não é mesmo? Entrar numa loja bonita, provar o que quiser e mandar a vendedora empacotar as peças preferidas. O problema é que, para a maioria dos mortais, isto não passa de um desejo, porque o dinheiro quase sempre é pouco para satisfazer estes doces prazeres.

Há porém outros tipos de pessoas que passam por um problema diferente. Elas têm dinheiro para comprar o que quiser, mas simplesmente não podem ir às lojas escolher suas roupas preferidas. Por que? Porque são famosas. Se ousarem sair pelas ruas, um batalhão de fãs e fotógrafos segue a celebridade por onde ela passa. Portanto, não há mesmo tranqüilidade para experimentar a roupa sem ouvir as opiniões alheias e provocar um terremoto na loja.

Aí é que entram pessoas como Wilson Kunkamp, nascido em São Francisco do Sul, Santa Catarina, e formado em Arquitetura pela Universidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. Wilson, porém, trocou tudo para vir para os Estados Unidos. Ele tinha amigos em Chicago, mas acabou mesmo indo para Milwaukee.

O frio intenso, no entanto, espantou Wilson. Assim, três meses depois, ele desembarcou em Miami, onde vive até hoje. Depois de trabalhar no Johnny Rockets, uma lanchonete que serve hambúrgueres como nos velhos tempos, foi trabalhar no Mandarin Hotel, localizado na Brickell Key – um dos mais luxuosos do Sul da Flórida.

Descoberta da vocação – Ele começou a trabalhar como ajudante de garçon, mas logo conseguiu ser promovido a garçon no Sambal, um restaurante de comida indiana que fica dentro do Hotel Mandarin.
Certa vez, em 2003, ele conheceu a Beyoncé Knowles, integrante do grupo vocal Destiny Child, e uma das musas da nova geração da música pop americana. Ela veio para participar do Show do Grammy (onde os destaques da música são premiados por seus trabalhos) em Miami e queria comprar algumas roupas para se apresentar no espetáculo. A diva comentou com Wilson e ele prontificou-se a acompanhá-la até as lojas para ajudá-la a escolher as roupas. O problema, como vimos anteriormente, seria driblar os fãs e os paparazzi sedentos por uma foto das celebridades.

Combinaram, então, que Wilson iria às lojas, selecionaria as peças que ele julgasse mais interessantes e levasse para seu apartamento no hotel. O catarinense fez direitinho a lição de casa. Beyoncé escolheu as que mais gostou e brilhou na noite de entrega do Grammy. Ela ficou tão grata que fez excelentes recomendações de Wilson à gerência do hotel.

Outras estrelas – A partir daí, os gerentes do Mandarin Hotel decidiram indicar Wilson para ser o funcionário responsável por este trabalho. Ou seja, sempre que alguma estrela ou pessoa de alto poder aquisitivo estiver hospedada no hotel e precisar deste tipo de assessoria ele é chamado.

Em seu currículo, constam trabalhos feitos para Lenny Kravitz, Shakira e Paulina Rubio, entre outras estrelas da música pop. No entanto, ele também atende pessoas que possuem dinheiro e, portanto, amam a privacidade. Quando convocado, Wilson garante exatamente isto que seus clientes desejam: “Vou às lojas, com quem já marquei antecipadamente, e peço para fechar, a fim de que meus clientes possam fazer suas compras com tranqüilidade”.

Além de ser gratificante, é um trabalho bem remunerado, porque Wilson recebe 15% do valor da compra pago por seu cliente e outros 15% de comissão das lojas indicadas.

Agora, ele está pensando em se mudar para Nova York, onde também há outra unidade do Mandarin Hotel, a fim de fazer este tipo de trabalho para os clientes que se hospedam lá. “Para mim não seria nenhum problema, porque conheço muito bem Nova York, sobretudo a 5ª Avenida. Além do mais, é perfeitamente possível conciliar Nova York com Miami. Assim, me deslocaria entre as duas cidades sempre que meus serviços fossem solicitados”.

No entanto, ele mesmo reconhece que por enquanto isto é mais um projeto do que realidade. Ele precisa de uma conjugação de fatores como conseguir aprovação da gerência, ter uma vaga disponível e outras questões.

Uma coisa é certa. Esta é uma profissão difícil de ser executada, porque depende muito da simpatia e do charme pessoal, além do bom gosto, conhecimento e de estar por dentro das últimas tendências da moda. Enfim, é um luxo só!

Previous articleFutebol amador em Abril
Next articleProfissão: Descobridor dos Sete Mares
Fundado em outubro de 2000, o AcheiUSA Newspaper é um jornal semanal em português distribuído gratuitamente por centenas de estabelecimentos comerciais brasileiros, americanos e hispânicos, espalhados pelo estado da Flórida. Com notícias locais, imigração, cultura, agenda de eventos, cobertura social, negócios e a maior seção de anúncios classificados grátis em português fora do Brasil, o AcheiUSA é o mais completo e popular portal para os brasileiros vivendo nos Estados Unidos.