Atirador abre fogo e mata pelo menos três pessoas em Fresno, Califórnia

O homem já estava sendo procurado por outro homicídio ocorrido na semana passada

0
3496
Polícia fechou ruas próximas ao local do tiroteio em Fresno
Polícia fechou ruas próximas ao local do tiroteio em Fresno

DA REDAÇÃO, COM NBC NEWS – Três pessoas foram mortas em menos de um minuto na tarde desta terça-feira (18) em Fresno, Califórnia, depois que um homem começou a disparar tiros aleatoriamente, segundo a polícia. Kori Ali Muhammad, de 39 anos, foi preso no local e ele já havia sendo procurado por outro homicídio na cidade ocorrido na semana anterior.

De acordo com a polícia, Kori se auto denomina “Black Jesus” e está sendo acusado de pelo menos quatro homicídios. Além dos três de hoje, ele é acusado de matar um segurança de um motel na última quinta-feira (13).

Ele disparou sua arma várias vezes em quatro localidades diferentes, incluindo uma casa de caridade da igreja católica onde um homem foi morto no estacionamento. Não se sabe ainda se o caso vai ser tratado como terrorismo.

O acusado é negro e todas as suas vítimas eram brancas, de acordo com a polícia. Na página do suspeito no Facebook, a polícia encontrou várias postagens anti-brancos e anti-governistas. “Foi um ato gratuito de violência cometidos por um individuo que queria matar”, disse a polícia de Fresno.

Kori Ali Muhammad se autodenominava Black Jesus
Kori Ali Muhammad se autodenominava Black Jesus