Atirador de escola de Parkland dá entrada na Broward County Jail acusado de 17 mortes

Nikolas Cruz, de 19 anos, já havia sido expulso da escola de Parkland por mau comportamento

0
7491
Nikolas Cruz é acusado de matar 17 pessoas em escola na Flórida
Nikolas Cruz é acusado de matar 17 pessoas em escola na Flórida

O atirador que matou 17 pessoas em atentado na Marjory Stoneman Douglas High School, em Parkland (FL), Nikolas Cruz, de 19 anos, deu entrada na Broward’s Main Jail, em Fort Lauderdale, na manhã desta quinta-feira (15). Ele foi acusado da morte de 17 inocentes e ter ferido outras 16 pessoas com um rifle AR-15.

Nikolas chegou à prisão rodeado de policiais e sua audiência está marcada para a tarde desta quinta-feira. Esse foi o maior atentado a escola desde Sandy Hook, Connecticut, que matou 28 pessoas (20 crianças) em 2012.

Ele havia sido expulso da escola de Parkland por mau comportamento. De acordo com a polícia, ele acionou o alarme de incêndio da escola, enquanto as pessoas saíram das salas de aula, ele deu início ao massacre. Nikolas era considerado um adolescente problemático e depressivo.

A arma pertencia à família do jovem e era mantida trancada. Testemunhas disseram que ele tinha hábito de atirar em animais, como galinhas, lagartos e pequenos animais.

Segundo o sheriffi Scott Israel, das 17 pessoas mortas – entre crianças e adultos – 12 morreram ainda na escola e as demais em decorrência da gravidade dos ferimentos. Cinco vítimas ainda não foram identificadas.