Ativista da causa LGBTQ+ é encontrado morto em aterro na Flórida

Jorge Diaz-Johnston ficou conhecido por ganhar na Justiça o direito de se casar com uma pessoa do mesmo sexo em Miami-Dade há alguns anos

0
1305
George Diaz-Johnston foi encontrado morto em Tallahassee, FL

Detetives estão investigando a morte do ativista da causa LGBTQ+, Jorge Diaz-Johnston, cujo corpo foi encontrado em um aterro no último fim de semana perto de Tallahassee, Flórida.

Diaz-Johnston, de 54 anos, ficou conhecido no Sul da Flórida em 2014 por ter conseguido na Justiça se casar com uma pessoa do mesmo sexo. Na época, o casamento gay ainda não era legalizado nos Estados Unidos.

De acordo com informações da polícia, a família prestou queixa sobre o seu desaparecimento no dia 3 de janeiro. O corpo do ativista foi encontrado junto com uma pilha de lixo em um aterro no condado de Jackson no sábado (8) por um funcionário da empresa de coleta de lixo. Os detetives aguardam informações da autópsia para determinar as causas da morte, mas trabalham com a hipótese de homicídio.

O irmão da vítima, Manny Diaz, que já foi prefeito de Miami, manifestou seu pesar nas redes sociais. “Ele tocou o coração de muitas pessoas com sua generosidade e bom coração. Meu irmão era um presente em nossas vidas e ao mundo e seu legado vai continuar vivo pelas próximas gerações”.  (Com informações do Local10 News)