Ativistas criam fundo em prol de carteiras para indocumentados em NY

Grupo de defensores da imigração em New York se prepara para lançar uma campanha de $1 milhão cujo objetivo é pressionar o estado para emitir carteiras de motorista aos moradores indocumentados

0
1983
Os ativistas calculam que permitir que os indocumentados obtenham a carteira de motorista afetará aproximadamente 265 mil pessoas
Os ativistas calculam que permitir que os indocumentados obtenham a carteira de motorista afetará aproximadamente 265 mil pessoas

Um grupo de ativistas defensores da imigração em New York se prepara para lançar uma campanha de $1 milhão cujo objetivo é pressionar o estado para emitir carteiras de motorista aos moradores indocumentados. A New York Immigration Coalition (NYIC) liderará o esforço e usará sua influência política para financiar um grupo que focalizará nos políticos eleitos, detalhou Steven Choi, diretor executivo da ONG.

Com o Presidente Donald Trump “demonizando” os imigrantes indocumentados e a administração permitindo batidas migratórias, a NYIC disse que o Governador Andrew Cuomo e a legislatura devem cumprir as promessas feitas durante as campanhas.

“Nós vamos arregaçar as mangas nesse ano”, disse Choi. “O nosso objetivo é focalizar todos os legisladores no estado de Nova York. Nós achamos que faz muito sentido”.

Aquela que poderá ser a maior campanha já organizada pela ONG, o maior grupo de ativistas no estado, há o plano de gastar pelo menos $1 milhão em anúncios de TV, rádio e as redes sociais, assim como outdoors. A campanha, que começará daqui a poucos dias, também envolverá esforço de lobby, envolvimento da mídia e trabalho de campo em Albany e nos distritos dos legisladores. O NYIC contratou o grupo de consultoria Metropolitan Public Strategies para ajudar a liderar o esforço.

Atualmente, 12 estados, incluindo Califórnia, Connecticut, Illinois, Maryland e Utah, já emitem carteiras de motorista para os moradores que não possuem o número do Seguro Social. Eliot Spitzer, quando era governador de Nova York em 2007, emitiu uma ordem executiva para tornar os moradores indocumentados no estado elegíveis para obter a carteira de motorista. Entretanto, ele voltou atrás depois de receber uma avalanche de críticas e ameaças de ações judiciais, incluindo muitos escritórios públicos no condado que administram as filiais do Departamento de Veículos Automotores (DMV), que ameaçaram não acatar a política

“Nós achamos que já é tempo de exorcizar o fantasma do Eliot Spitzer e vencer onde ele falhou”, disse Choi. “Se o Governador Cuomo está tentando proteger os imigrantes de Donald Trump e a administração dele, como diz, essa é a política nº 1 que podemos adotar para fazer isso”.

Os ativistas calculam que permitir que os indocumentados obtenham a carteira de motorista afetará aproximadamente 265 mil pessoas, o que Choi detalha poderia ajudar a baixar o valor do seguro para todos os nova-iorquinos, ao mesmo tempo em que tornará as ruas mais seguras, pois os motoristas serão submetidos a treinamento e teste de direção. Com os democratas controlando Senado e Câmara dos Deputados estaduais pela primeira vez numa década, os apoiadores acham que o assunto a mais alta possibilidade de ser aprovado. Entretanto, alguns legisladores nos subúrbios e parte alta do estado demonstrem reticência. (Com informações do Brazilian Voice).