Aumenta número de buscas por indocumentados em ônibus da Greyhound, afirmam ativistas

De acordo com advogados de imigração e ativistas, agentes do Border Patrol estão revistando ônibus e trens pedindo documentos americanos

0
3068
Agente do Border Patrol observa embarque de passageiros em Rochester, NY (Foto Adiel Kaplan - NBC News)
Agente do Border Patrol observa embarque de passageiros em Rochester, NY (Foto Adiel Kaplan - NBC News)

Viajantes de ônibus e trens dentro dos Estados Unidos estão reclamando que agentes da patrulha de fronteira estão fiscalizando os meios de transporte em busca de imigrantes indocumentados. Até mesmo cidadãos americanos estão reclamando da abordagem.

Mercedes Phelan, cidadã americana nascida em Porto Rico, reclama que teve a cidadania questionada duas vezes. Uma de ônibus e outra no trem da Amtrack. “Eu fiquei muito irritada porque percebi que eles estavam buscando indocumentados. Eles não questionaram uma pessoa branca, apenas julgavam pela cor da pele”, disse Phelan.

O Customs and Border Protection (CBP) não disponibiliza o número de apreensões em estações de ônibus e trens, mas segundo a ACLU – União Americana pelas Liberdades Civis -, os agentes intensificaram a fiscalização nesses locais, mesmo longe das fronteiras. A entidade reforça que, sob o Fourth Amendment, passageiros não podem ser detidos ou questionados pela Border Patrol, a não ser que haja uma forte suspeita que o indivíduo tenha cometido um crime. A abordagem não pode ser baseada na cor da pele ou na fluência em inglês.

O Border Patrol argumenta que a prática ocorre dentro da lei e nega que a busca seja baseada na cor da pele ou na ‘cara de imigrante’. “A agência está comprometida com a imparcialidade e respeito a todos os viajantes, sem qualquer discriminação”, disse em nota o CBP ao NBC News.

Eles alegam que estão buscando pessoas que ameaçam a segurança nacional, transportam drogas e pessoas ilegalmente.

A ACLU teve acesso a e-mails entre agentes e um deles dizia. “Seja sempre profissional, saiba que vai ser filmado e não caia na tentação de brigar com os abordados. Boa caça, fique seguro e divirta-se”, dizia e-mail enviado em 2017 para agentes do Maine.

Em janeiro de 2018, um vídeo gravado por passageiros do Greyhound em Fort Lauderdale mostra a prisão de uma mulher por agentes.

Os agentes a levaram presa por não ter status imigratório válido. O motorista do ônibus informou aos passageiros que seria feita uma checagem de rotina. Os agentes teriam pedido a documentação, inclusive status imigratório, de todos os passageiros. (Com informações da NBC News)