Aumento das taxas de imigração afetará recurso de apelação em processos negados

O formulário 1-290B tem que ser apresentado 30 dias após uma petição de imigração ser rejeitada e o peticionário decida recorrer

0
1109
Governo aumenta cota de vistos H-2B (Foto: Flickr)
Governo aumenta cota de vistos H-2B (Foto: Flickr)

No dia 3 de outubro, entrarão em vigor as novas taxas do USCIS, cujo impacto será severo para pessoas de baixa renda que solicitarem algum benefício de imigração.

A situação desses imigrantes será ainda mais complicada caso sua petição de imigração seja rejeitada e eles queiram recorrer, pois será quase impossível arcar com os custos de apresentação do Formulário 1-290B, que passará de $ 675 par $ 700 dólares.

Segundo o advogado de imigração José Guerrero, o aumento de $ 25 parece mínimo, mas especialmente no momento da pandemia de coronavírus, quando muitas pessoas estão sem trabalho e sem renda, pode significar muito.  Além disso, lembra o Guerrero, “é preciso pagar os custos do processo e a assessoria jurídica”. 

“Hoje em dia, é improvável que um imigrante que esteja lutando por um benefício imigratório recorra de uma decisão desfavorável emitida pelo USCIS”, admitiu à rede de TV Univision. 

Embora exista uma opção para o imigrante solicitar uma isenção de pagamento, é possível que os funcionários do USCIS considerem isso um ponto negativo, principalmente devido à regra de carga pública, que pune os estrangeiros que solicitam benefícios sociais.