Bahia é campeão da Copa do Nordeste

0
1590

O Bahia dominou o jogo, venceu o Sport por 1 a 0 na noite de quarta-feira (24), na Fonte Nova, e conquistou o tricampeonato da Copa do Nordeste. Após o empate em 1 a 1 no primeiro jogo, o tricolor levou a competição de maneira invicta jogando em casa. Edigar Junio fez o gol do título, ainda no primeiro tempo. O Sport, precisando da vitória, tomou iniciativa do jogo. O Bahia apostava em contra-ataques para chegar ao gol rubro-negro. Aos 12 minutos, Edigar Junio recebeu passe, girou em cima da marcação e ficou cara a cara com Magrão. O atacante, com um lindo toque, encobriu o goleiro Magrão e abriu o placar para o Bahia na Fonte Nova, aumentando a vantagem do tricolor, que perdurou até o final da partida, apesar do esforço da equipe pernambucana em tentar virar o jogo. A conquista do título da “Lampion League” ameniza um pouco a frustração da torcida do Tricolor de Aço, que ainda estava amuada após a perda do título baiano para o arquirrival Vitória. Agora, as duas equipes voltam suas atenções para o Campeonato Brasileiro. O Bahia irá ao Rio de Janeiro enfrentar o Botafogo, enquanto o Sport Club do Recife recebe o Grêmio, líder da competição, na Ilha do Retiro. Sem o técnico Ney Franco, demitido logo após a perda do título do Nordestão.

Palmeiras bate Atlético Tucumán e é campeão do Grupo 5

A vitória por 3 a 1 sobre o Atlético Tucumán (ARG), pelo encerramento da fase de grupos da Copa Libertadores – gols de Mina, William e Zé Roberto para o Verdão e Fernandes para o time argentino -, marcou a estreia de Cuca pelo Palmeiras nesta edição da competição e também fez o novo comandante atingir a marca de treinador que mais dirigiu a equipe no Allianz Parque. Classificado em primeiro lugar do Grupo 5 da competição continental, Cuca aproveitou sua fala pós-jogo para render elogios a Eduardo Baptista, que foi o comandante palmeirense nas cinco primeiras partidas da Libertadores. “Participei desse jogo só. Essa classificação do Palmeiras é toda do Eduardo e dos jogadores. O mérito é todo do Eduardo – afirmou o novo técnico do Verdão, agora com 24 partidas realizadas no Allianz Parque.” Com Eduardo Baptista, o Palmeiras empatou com o Tucumán na Argentina, venceu Jorge Wilsterman (BOL) e Peñarol (URU) em casa, superou os uruguaios também como visitante e acabou derrotado na Bolívia, na partida que gerou a demissão do treinador contratado no início do ano. Cuca assumiu em seguida e participou somente da vitória sobre o Tucumán, que definiu como um “jogo frenético”. Enaltecido pelas mudanças, o técnico admitiu que as alterações serviram para dar uma acalmada. “Mesmo ganhando, não ficamos nos defendendo, porém, erramos muito. Tem que valorizar a vitória, o adversário e o resultado”, finalizou Cuca, que agora prepara sua equipe para o clássico contra o São Paulo, no sábado (27), em jogo válido pelo Brasileirão. Mais um desafio palmeirense, pois o Verdão não vence o Tricolor no Morumbi há 15 anos!

Santos garante primeiro lugar no Grupo 2 da Liberta

O Santos venceu o Sporting Cristal por 4 a 0 na terça-feira (23), na Vila Belmiro, em jogo válido pela última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América. Com o resultado, a equipe terminou na primeira colocação do Grupo 2, com 12 pontos ganhos. Os gols do alvinegro praiano foram marcados por David Braz (duas vezes), Ricardo Oliveira e Vitor Bueno. Um dos destaques do time, o goleiro Vanderlei vem sendo observado por Tite, pois goleiro ainda é uma posição indefinida na Seleção Brasileira. Nos bastidores da Vila Belmiro, é opinião unânime de que Vanderlei é injustiçado pelo técnico Tite. Para os profissionais do clube, o fato de o goleiro ser introvertido o prejudica na disputa contra os concorrentes. Por causa disso, Vanderlei é constantemente aconselhado pelos departamentos de comunicação e marketing a conceder mais entrevistas. Para a cúpula alvinegra, se o goleiro aparecer mais, a convocação será inevitável. É uma teoria, claro, no entanto, pode fazer sentido. Vanderlei terá outra oportunidade de mostrar sua condição técnica no domingo (28) quando o Santos recebe o Cruzeiro na Vila Belmiro em jogo válido pela 3ª rodada do Brasileirão.

Grêmio e Botafogo também estão nas oitavas de final da Libertadores

Botafogo e Grêmio jogaram na quinta-feira (25) à noite pela Copa Libertadores da América, portanto, não é possível divulgar os resultados, pois a coluna é redigida antes dos jogos. A missão do Tricolor gaúcho foi mais fácil por ter enfrentado em Porto Alegre o Zamora da Venezuela – simplesmente o pior time da competição, sem ter conseguido marcar um ponto sequer.  Assim, Grêmio deve ter sido o campeão do Grupo 8. Já o Botafogo, que brigava com o Barcelona de Guayaquil pela liderança do Grupo 1, enfrentou o Estudiantes em La Plata, enquanto o time equatoriano jogou contra o Atlético Nacional em Medellin, atual campeão da Libertadores e já desclassificado, assim como o Estudiantes. Pelo Campeonato Brasileiro, o Botafogo recebe o Bahia no domingo (28), no Engenhão, e o Grêmio vai ao Recife no mesmo dia para jogar contra o Rubro-negro pernambucano.

Clubes brasileiros irritados com Conmebol

A pena aplicada pela Conmebol ao Palmeiras irritou os demais clubes brasileiros. O time paulista jogou em Montevidéu com o Peñarol, venceu a partida e foi vítima e uma emboscada perpetrada por jogadores, comissão técnica e torcedores do clube uruguaio, que fecharam as portas do vestiário para impedir que os atletas palmeirenses deixassem o campo e fossem vítimas de ataques, sobretudo Felipe Melo. Falastrão, o volante palmeirense disse em sua apresentação que “até daria tapa em uruguaio” para vencer uma partida. A declaração foi explorada pela imprensa uruguaia, e a retratação apaziguadora de Felipe não ganhou tanto destaque. Assim, após a derrota e com as chances de classificação praticamente extintas, eles partiram para a briga. Para se defender Felipe Melo desferiu um soco em um dos jogadores do Peñarol, no entanto, as imagens mostraram que ele estava com os braços levantados para evitar o confronto. Apenas reagiu quando se viu encurralado. A Conmebol – entidade que comanda o futebol sul-americano – aplicou uma pena de seis jogos de suspensão a Felipe Melo e de apenas cinco jogos aos agressores. Por fim, o Palmeiras foi multado em $80 mil e a torcida proibida de acompanhar sua equipe em três jogos como visitante, enquanto o Peñarol teve apenas uma partida de portões fechados – cumprida na quarta-feira (24) na vitória de 2 a 0 sobre o Jorge Wilstermann, da Bolívia. Além dos dirigentes palmeirenses, outros dirigentes, como Modesto Roma, presidente do Santos, manifestaram seu desagrado com a injustiça sobre as penas aplicadas ao Palmeiras e à Felipe Melo em relação à penalidades dadas ao clube uruguaio e aos seus atletas. O Palmeiras ainda está recorrendo para diminuir estas penas, contudo, criou-se uma dissensão que pode ensejar a formação de uma liga independente de clubes, com os brasileiros, argentinos e colombianos e alguns outros clubes convidados.

Apesar do susto, Flamengo classifica-se na Copa do Brasil

O Flamengo teve uma atuação para ser esquecida na noite de quarta-feira (24), apesar da vitória de 2 a 1 sobre o Atlético-GO – gols de Guerrero e Matheus Sávio para o Fla e de Jorginho para o time da casa – que rendeu a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil. Os jogadores entenderam também dessa maneira e sabem que é preciso melhorar muito o nível do futebol para que um tropeço não aconteça no duelo do próximo domingo (28), diante do Atlético-PR na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. “O Flamengo precisa jogar muito mais no domingo, pois o Atlético Paranaense é muito forte em casa e com certeza vai fazer de tudo para conseguir o resultado positivo. Nosso sinal de alerta precisa estar ligado e o nível de atuação precisa ser outro”, disse o lateral-esquerdo Pará. Na visão do atacante Paolo Guerrero o Flamengo, mais do que melhorar o nível de suas atuações, precisa se recuperar urgentemente da eliminação na Copa Libertadores, algo que ele revelou mexer com todo o elenco ainda. “Nós sabemos que precisamos melhorar. Porém, a ferida está aberta. Ainda nos falamos que poderíamos ter dado um pouco mais em campo. Precisamos levantar rapidamente a cabeça e projetar o futuro, pois temos títulos para disputar”, disse o peruano. Já o Atlético-GO, lanterninha do Brasileirão, recebe o Corinthians, no domingo (28) em Goiânia.

Galo decepciona e perde para o Paraná pelo CB

O Atlético-MG não suportou a força do Paraná jogando em casa. Em duelo na noite de quarta-feira (24), no Couto Pereira, casa do Coritiba, na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o Galo perdeu por 3 a 2, de virada. Não foi uma das melhores noites de Vitor com a camisa do Atlético. O arqueiro sofreu tentos que não tem costume de levar, como no primeiro gol, quando tentou antecipar o lado de uma cobrança de falta, ou no terceiro, quando não conseguiu chegar numa bola defensável. Os mineiros, de modo geral, foram bem. A equipe começou vencendo, mas sofreu o empate. No segundo tempo marcou o desempate, mas foi golpeado com a virada, mesmo quando era superior no jogo. O destaque do jogo foi Guilherme Biteco – autor de dois gols paranistas , o outro foi anotado por Felipe Alves -, que homenageou o irmão Matheus Biteco, morto no trágico acidente aéreo na Colômbia como integrante da Chapecoense. Elias e Robinho marcaram para o Galo. As equipes voltam a duelar na próxima quarta-feira, no Independência. O que serve de alento para o torcedor preto e branco são os dois gols fora de casa – critério diferencial na Copa do Brasil. Assim, o time de Roger Machado precisa de vitória simples, por 1 a 0, para avançar. Pelo Brasileirão, Atlético-MG recebe no domingo (28) a Ponte Preta em Belo Horizonte. O Paraná, por sua vez, vai a Caxias do Sul para enfrentar o Juventude no sábado (27). Os torcedores do Alvinegro das Alterosas também comemoram a chegada de Valdivia, que trocou o Internacional pelo Atlético-MG para reforçar ainda mais a equipe de Belo Horizonte.

Indy 500 tem Fernando Alonso no grid

Fernando Alonso trocou seu lugar no cockpit da McLaren Honda pelo carro da equipe Andretti no circuito de Indianapolis, onde disputará a 101ª edição da Indy 500 – a mais emblemática prova do automobilismo americano juntamente com Daytona, que abre a temporada da Nascar todos os anos. O espanhol está fazendo uma participação especial, porém, se gostar da experiência, pode até mesmo trocar a Fórmula 1 pela Fórmula Indy, uma vez que ele não esconde a decepção com os resultados obtidos por sua atual equipe na categoria mais nobre do automobilismo mundial. Afinal, bicampeão da F1, ele pode mesmo partir para novos desafios.

Novo carro da Fórmula Indy

IndyCar lançou na quarta-feira (24) as imagens do Next, novo conceito de carro que será utilizando na temporada 2018 da Fórmula Indy. As imagens dão destaque ao novo conjunto aerodinâmico que receberá o chassi atual Dallara IR-12. O fornecedor do equipamento ainda está em fase de finalização. O projeto lembra os carros da Indy do passado, enquanto incorpora os mais recente avanços tecnológicos e de segurança. IndyCar pretende começar os testes do Next neste verão americano. As equipes ainda escolherão entre os motores Chevrolet e Honda para a temporada de 2018. Com os atuais kits aerodinâmicos fornecidos pela Chevrolet e Honda até o fim desta temporada, o carro “universal” terá duas configurações: um para os ovais e outros para circuitos de rua.

Button substitui Alonso em Mônaco

Por falar em circuitos emblemáticos, não dá para se esquecer de Mônaco. A prova de Fórmula 1 pelas ruas do principado é uma atração à parte da categoria. O glamour, o charme e a tradição impedem que o circuito, totalmente ultrapassado do ponto de vista tecnológico para os monopostos atuais, seja retirado do calendário da Fórmula 1. Este ano, porém, o grande ausente será Fernando Alonso que preferiu tentar a sorte na Indy 500 em vez de disputar as últimas posições no grid. Para substituir um campeão, que tal outro campeão? Equipe McLaren Honda convidou Jenson Button, recém-aposentado da categoria, para levar o carro pelas ruas de Mônaco em busca de uma boa colocação no mesmo domingo (28) em que a Indy 500 também dividirá as atenções dos fãs do automobilismo em todo mundo.