BB recenseou 300 mil beneficiários do INSS

Cadastramento pode ser feito via online

0
799

Até o final de fevereiro, o Banco do Brasil aguarda o comparecimento de aproximadamente 340 mil aposentados e pensionistas para responder ao censo previdenciário do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Desde outubro do ano passado, quando se iniciou o atendimento para a atualização e checagem dos dados de 4,2 milhões de beneficiários convocados, o BB já atendeu a 300 mil pessoas.

Como janeiro é um mês com menor demanda por atendimento na rede bancária, a expectativa do Banco do Brasil é de que os aposentados convocados, que recebam benefícios nas agências do BB, evitem deixar para responder ao censo nos últimos dias, quando a demanda deve se intensificar.

Nesta semana, o INSS começou a notificar os beneficiários já convocados, mas que ainda não se recensearam, por meio de carta e edital publicado nos jornais do País. Quem não atender ao chamado da Previdência, na primeira fase do Censo, terá o benefício suspenso pelo INSS a partir do mês de abril.

O Banco do Brasil, maior agente pagador de benefícios do INSS, desenvolveu um programa para capturar as informações cadastrais em tempo real e sem a necessidade do preenchimento de guias e formulários. Mensalmente, cerca de 5,8 milhões de segurados recebem seus benefícios nas agências