Biden diz que se houver recessão econômica em 2023 será ‘muito leve’

Declaração do presidente contradiz previsão de economistas que esperam um ano difícil

0
822
O presidente dos EUA, Joe Boden (foto: U.S. Reuters)

O presidente Joe Biden disse nesta quarta-feira (12) que, se houver recessão nos EUA ano que vem, será “muito leve”. A declaração foi dada durante entrevista ao jornalista Jake Tapper, da CNN. “Olha, eu não prevejo isso, mas é possível”, falou o democrata.

Na segunda-feira (10) o diretor-executivo do banco JPMorgan Chase & Co., Jamie Dimon, afirmou que o país está a caminho de uma crise econômica que deve ocorrer no meio de 2023. As preocupações surgem à medida que o Federal Reserve continua a aumentar as taxas de juros agressivamente em um esforço para reduzir a inflação. Em setembro, o banco central americano subiu os juros pela terceira vez consecutiva.
Enquanto isso, em escala global, o Fundo Monetário Internacional rebaixou sua expectativa de crescimento para a economia global na semana passada com um forte aviso: “O pior ainda está por vir e, para muitas pessoas, 2023 parecerá uma recessão”.

Biden minimizou essa previsão: “A cada seis meses eles olham para os próximos seis meses e dizem o que vai acontecer. Ainda não aconteceu”, afirmou o mandatário.

Ele também destacou as realizações legislativas de seu governo que têm ajudado a reduzir o custo de vida da população mais pobre: “Estamos em uma posição melhor do que qualquer outro grande país do mundo, econômica e politicamente”.