Boletim da Copa do Mundo 2022

Seleções da Europa despontam como favoritas nos Grupos E e F

0
5895
O veterano Thomas Müller deverá disputar sua última Copa do Mundo com a seleção alemã (Foto: bayernstrikes.com)
O veterano Thomas Müller deverá disputar sua última Copa do Mundo com a seleção alemã (Foto: bayernstrikes.com)

O Grupo E da Copa do Mundo 2022 reúne Espanha, Alemanha, Japão e Costa Rica. À primeira vista, Espanha e Alemanha, que já foram campeãs mundiais, surgem como as favoritas, mas tanto Japão como Costa Rica podem surpreender.

Espanha tenta se reerguer com nova geração

A seleção espanhola dominou o cenário do futebol mundial uma década atrás. Era época em que Real Madrid e, sobretudo, Barcelona assombravam os fãs com um futebol bem jogado que encantava e produzia resultados. Entretanto, os desempenhos foram piorando nas Copas de 2014 e 2018 e na Euro 2016, quando foram eliminados cedo. Já no Campeonato Europeu de 2021, a equipe nacional da Espanha conseguiu chegar às semifinais. Na Copa do Mundo de 2022, os espanhóis querem provar que estão de volta ao topo. A equipe que o técnico Luis Enrique tem à sua disposição ainda é boa para isso e também lhes garante um lugar entre os favoritos da Copa do Mundo de 2022.

Nomes como Pedri, Rodri, Marco Llorente e Gavi são alguns bons jogadores desta nova geração. A Espanha tem vários jogadores de classe mundial em todas as posições.

Alemanha busca a redenção

Depois da conquista da Copa do Mundo de 2014 no Brasil, com direito ao fatídico 7 a 1 sobre a Seleção Brasileira em pleno Mineirão, a Alemanha entrou em franco declínio, tendo sido eliminada ainda na fase de grupos na Copa do Mundo da Rússia em 2018. Soma-se a isso a saída antecipada do Campeonato Europeu 2021 (oitavas de final) e a troca de técnicos: Joachim Low deu seu lugar a Hansi Flich, que parece estar recuperando o prestígio da seleção nacional alemã. Igual à Espanha, o técnico também tem a qualidade necessária à sua disposição para ser bem sucedido.

Joshua Kimmich, Kai Havertz, Thomas Müller, Ilkay Gündogan e Florian Wirtz são destaques, e a Alemanha tem jogadores de qualidade para fazer uma boa campanha no Catar.

Japão promete dar trabalho aos favoritos

Alemanha e Espanha deverão ter dificuldades para vencer a equipe do Japão na Copa do Mundo na fase de grupos. A pressão pela vitória será alta para os adversários e o técnico Hajime Moriyasu quer explorar este fator com sua equipe surgindo como possível surpresa.

Ele dispõe de jogadores interessantes como Takehiro Tomiyasu, Daichi Kamada, a estrela japonesa Takumi Minamino ou mesmo Wataru Endo e o promissor Kubo, ele pode não ter tantos recursos como os adversários, mas tem qualidade suficiente para causar dor de cabeça a qualquer adversário em um bom dia e tem chances de vencer se os favoritos tiverem em uma má jornada.

Costa Rica deve ser apenas coadjuvante

O Grupo E é completado pela Costa Rica, que só se qualificou através da repescagem intercontinental contra a Nova Zelândia. Provavelmente o jogador mais famoso nas fileiras da Costa Rica é Keylor Navas.

Em teoria, a Costa Rica é notavelmente fraca demais para ser uma ameaça à Espanha ou à Alemanha. E na verdade, os japoneses também não deveriam ter problemas para prevalecer devido à sua qualidade individual mais elevada. Mas os fãs frequentemente ouvem e lêem estas frases antes e durante os torneios. Em campo, porém, as coisas de repente parecem muito diferentes. Para a Costa Rica, a participação na Copa do Mundo é um grande sucesso em si mesma.

Previsões para o Grupo E da Copa do Mundo de 2022

Naturalmente, espera-se que Espanha e Alemanha cheguem às oitavas de final da Copa do Mundo de 2022. A disputa entre elas decidirá qual das duas equipes ocupará o primeiro lugar, enquanto o Japão deverá ficar com o terceiro lugar após muita luta e a Costa Rica já conseguiu seu objetivo: participar novamente de uma Copa do Mundo.

Bélgica surge como protagonista no Grupo F

Ao se observar os possíveis confrontos das oitavas de final, não é possível dizer se o 1º ou 2º lugar no Grupo F é melhor. A primeira rodada eliminatória será contra os dois vencedores do Grupo E da Copa do Mundo: Espanha e Alemanha, respectivamente campeãs mundiais de 2010 e 2014.

Passados quatro anos, a seleção belga continua entre as favoritas para vencer a Copa do Mundo de 2022. A equipe é madura e forte o suficiente para o título. O treinador Roberto Martinez tem jogadores como Kevin de Bruyne, Romelu Lukaku, Thibaut Courtois e o capitão Youri Tielemans, além de outros bons jogadores que atuam nas principais equipes europeias.

Cabe a Martinez instilar a sede de vitória e fazer um bom trabalho psicológico para a equipe não perder o foco ao enfrentar seleções tradicionais, além de seus craques recuperarem o bom desempenho em seus clubes. Mas uma coisa é certa: Martinez tem muita qualidade à sua disposição.

Vice-campeã Croácia quer mostrar que está entre os grandes

O treinador Zlatko Dalic está sob grande pressão com seus croatas no Catar. Seu país quer tanto repetir o sucesso de quatro anos atrás na Rússia, quando conquistou o vice-campeonato ao ser derrotada pela França na final. No Campeonato Europeu de 2021 a seleção croata não foi bem, no entanto, a qualidade do plantel da Croácia para a Copa do Mundo credencia a seleção a voos mais altos.

O meio-campo em particular é bem forte, com jogadores como Mateo Kovacic, Marcelo Brozovic, Mario Pasalic e o capitão Luka Modric. Quatro anos atrás, porém, muitos adversários subestimaram os croatas, algo que não deve ocorrer nesta competição.

Canadá tem potencial para surpreender

Esta é, sem dúvida, a melhor seleção canadense de todos os tempos. O técnico John Herdman conta com a estrela canadense Alphonso Davies. Mas não é apenas o lateral-esquerdo que tem uma qualidade extraordinária: o centroavante Jonathan David também é destaque.

Com Cyle Larin e Tajon Buchanan, a equipe também conta com alas de nível internacional em suas fileiras. Se todos os jogadores permanecerem saudáveis e estiverem em boa forma, a ofensiva canadense também pode representar grandes problemas para equipes como a Bélgica e a Croácia e talvez chegar às oitavas de final da Copa do Mundo de 2022.

Marrocos não deve ser subestimado

O treinador do Marrocos desde 2019 é o experiente Vahid Halilhodzic. Ele construiu uma equipe poderosa que o público em geral não dá muito crédito.

A equipe é liderada pelo lateral-direito e astro da Copa do Mundo Achraf Hakimi, um dos melhores jogadores do planeta em sua posição. Youssef En-Nesyri, de classe mundial, também está na equipe. Em Bono, a equipe nacional do Marrocos também tem uma reserva de primeira classe e experiente. Esta equipe também pode apresentar grandes problemas para qualquer oponente.

Previsões para o Grupo F da Copa do Mundo de 2022

O belga Kevin De Bruyne, autor do gol que eliminou o Brasil da Copa da Rússia, deve ser uma das estrelas da Copa do Mundo 2022 (Foto: premierleague.com)
O belga Kevin De Bruyne, autor do gol que eliminou o Brasil da Copa da Rússia, deve ser uma das estrelas da Copa do Mundo 2022 (Foto: premierleague.com)

O Grupo F é bem previsível. Se todas as equipes atuarem com seu máximo potencial, Bélgica e Croácia devem lutar pelo primeiro e segundo lugares. O jogo entre eles decidirá quem deverá ser o campeão. O terceiro lugar provavelmente irá para o Marrocos e o Canadá terá de se contentar com o quarto. Obviamente, sempre há resultados surpreendentes em Copa do Mundo, um torneio curto que permitie poucas chances para recuperação.