Bolsa tem alta e dólar cai para R$ 5,44; acompanhe a movimentação do mercado

O principal índice da Bolsa de São Paulo, a B3, chegou a bater o patamar dos 107 mil pontos

0
238
As apostas do mercado financeiro de que o BC intensificará o ritmo atual de crescimento dos juros para combater o crescimento da inflação está grande (Foto: suno.com.br)
As apostas do mercado financeiro de que o BC intensificará o ritmo atual de crescimento dos juros para combater o crescimento da inflação está grande (Foto: suno.com.br)

Na quinta-feira (11), o dólar operou em queda, em um cenário em que a expectativa era de que o Banco Central endureceria o ritmo da alta dos juros na tentativa de segurar a inflação. A PEC dos Precatórios também foi uma pauta que chamou a atenção dos investidores. Já a Bolsa fechou a quarta (10), em alta de 0,41%, chegando aos 105.967,51 pontos.

O dólar às 14h25, registrava queda de 1,81%, cotada a R$ 5,4002. A moeda americana fechou o dia praticamente estável, a R$ 5,4996. A partir deste resultado, a moeda passou a acumular queda de 2,62% ao mês, mas, ao considerar o ano, o dólar ainda tem alta de 6,02%.

O principal índice da Bolsa de São Paulo, a B3, chegou a bater o patamar dos 107 mil pontos, porém, enfraqueceu em decorrência do mercado acionário em New York.

Mesmo com este resultado, as ações dos bancos permanecem valorizas, puxadas pelos papéis do Bradesco, que divulgou nesta quarta, um resultado tido como sólido pelos analistas.

As apostas do mercado financeiro de que o BC intensificará o ritmo atual de crescimento dos juros para combater o crescimento da inflação está grande. A inflação bateu os 10,67% no acumulado em 12 meses até o mês passado.

Os juros básicos estão, neste momento, em 7,75% ao ano, após o Copom (Comitê de Política Monetária) do BC promover alta de 150 pontos-base em sua última reunião.

Quando os juros estão mais altos, geralmente o real é favorecido, já que os retornos do mercado de renda fixa doméstico ficam mais chamativos para investidores estrangeiros. Este movimento, consequentemente eleva o fluxo de dólares para o país.