Bolsonaro é único líder não vacinado do G20 a participar da Assembleia da ONU em NY

Presidente fará o discurso de abertura da Assembleia-Geral das Nações Unidas nesta terça. No domingo, a delegação brasileira foi vista comendo pizza na calçada de um restaurante da cidade

0
794
Bolsonaro e a delegação brasileira em New York (foto: Instagram Gilson Machado)

O presidente Jair Bolsonaro está em New York onde tem presença confirmada na abertura da 76ª Assembleia-Geral das Nações Unidas que acontece na manhã desta terça-feira (21).

Líderes de pelo menos cem países, incluindo o anfitrião Joe Biden, são esperados para se reunir na sede  ONU, que fica localizada na 405 East 42nd Street.

Na quarta-feira passada, o gabinete do prefeito de New York divulgou as diretrizes para sediar o evento, incluindo que os todos os participantes devem mostrar prova de vacinação para entrar no prédio – o que levantou questões sobre a participação de Bolsonaro, que afirma não ter tomado a vacina.

Especula-se, porém, que a ONU teria informado às comitivas que haveria uma exceção diplomática e a entidade não iria cobraria os comprovantes.

Dentre todos os 19 líderes do G20 (formado pelas 19 principais economias do mundo mais a União Europeia) presentes no encontro, Bolsonaro é o único que declarou que não tomou e nem vai tomar o imunizante.

Em janeiro deste ano, o Palácio do Planalto impôs um sigilo de cem anos no cartão de vacinação do presidente, alegando que as informações “dizem respeito à intimidade, à vida privada, à honra e à imagem” do mandatário.

As regras nova-iorquinas também autorizam que restaurantes confiram se os clientes estão vacinados contra a covid-19 antes de atendê-los em espaços internos. Neste domingo, Bolsonaro  e a delegação brasileira postaram fotos nas redes sociais comendo pizza na calçada de um estabelecimento.