Brasil Local Manchete

Bolsonaro fala com apoiadores em Orlando e quebra silêncio sobre vandalismo em Brasília: ‘Lamento’

Em conversa com apoiadores no condomínio onde está hospedado, em Orlando, Bolsonaro falou sobre os resultados de seu governo no campo da economia e chamou de "inacreditável" os atos de 8 de janeiro

Bolsonaro em condomínio em Orlando. Foto: Reprodução YouTube

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) recebeu apoiadores no condomínio onde está hospedado, em Orlando, quebrando o silêncio sobre os atos criminosos ocorridos em Brasília no dia 8 de janeiro. Em vídeo, distribuído em canais do Telegram e divulgado pelo jornal Estadão, Bolsonaro aparece falando de forma descontraída com um grupo de visitantes, na última segunda-feira (16), sobre os resultados de seu governo no campo da economia. Na conversa, ele compara seus “deslizes” na gestão como presidente àqueles que pessoas comuns cometem em suas casas. “A gente comete alguns deslizes em casa, quem dirá… Se bem que em casa a gente sabe quem é o responsável, sempre nós mesmos”, disse.

Bolsonaro comentou então sobre as invasões aos prédios dos Três Poderes, no Distrito Federal: “Eu lamento o que aconteceu no dia 8, foi uma coisa inacreditável”, falou. E completou: “No meu governo, o pessoal aprendeu o que é política, conheceu os Poderes, começou a dar valor à liberdade. Eu falava para alguns sobre a liberdade, e eles diziam que era igual ao sol, nasce todo dia, mas não é bem assim não. A gente acredita no Brasil”, afirmou.

Na última sexta-feira (13), Jair Bolsonaro passou à condição de investigado por suspeita de incitação dos atos de violência em Brasília. No processo conduzido pelo Supremo Tribunal Federal, ele é apontado como um dos “expositores de teorias golpistas que promoveram a mobilização da massa violenta”. O vídeo publicado por Bolsonaro no Facebook na última quarta-feira (10), questionando o sistema eleitoral brasileiro, embasa o argumento dos procuradores.

Baixe nosso aplicativo