Brasil tem saldo em conta corrente recorde em 2005

Apesar do saldo positivo, os investimentos estrangeiros recuaram no ano passado

0
1049

O Brasil registrou superávit em conta corrente recorde no ano passado, em termos nominais, de 14,199 bilhões de dólares, frente ao saldo positivo de 11,711 bilhões de dólares em 2004.

Em relação ao tamanho da economia brasileira, contudo, o superávit recuou para 1,79 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) ante 1,94 por cento em 2004.

Em dezembro, o superávit em conta corrente — que inclui a balança comercial e de serviços, além de transferências unilaterais — somou 570 milhões de dólares, ante superávit de 1,206 bilhão de dólares em igual período do ano anterior, informou o Banco Central nesta quinta-feira.

“Em qualquer medida, a conta corrente continua registrando níveis muito sólidos, garantindo uma forte sustentação para a taxa de câmbio”, comentou em relatório o estrategista-chefe do BNP Paribas, Alexandre Lintz.

A conta de capital e financeira ficou negativa em 10,8 bilhões de dólares no mês passado, “fundamentalmente devido à antecipação de amortização junto ao Fundo Monetário Internacional, de 15,5 bilhões de dólares”, disse o BC.

Os investimentos estrangeiros diretos totalizaram 1,407 bilhão de dólares em dezembro, frente a 3,150 bilhões de dólares registrados em igual mês de 2004.

No acumulado do ano, os investimentos estrangeiros somaram 15,193 bilhões de dólares, frente a 18,166 bilhões de dólares em 2004.

O balanço de pagamentos global fechou o ano positivo em 4,319 bilhões de dólares.