Brasil ultrapassa Reino Unido e é o segundo país do mundo com mais mortes por Covid-19

Organização Mundial de Saúde diz que sistema hospitalar brasileiro está 'suportando a pressão'

0
765
Pessoas aguardam em fila para entrar em um shopping de São Paulo depois da flexibilização da quarentena na cidade (Foto: REUTERS/Amanda Perobelli)
Pessoas aguardam em fila para entrar em um shopping de São Paulo depois da flexibilização da quarentena na cidade (Foto: REUTERS/Amanda Perobelli)

DA REDAÇÃO, COM REUTERS – O número de vítimas fatais de Covid-19 no Brasil ultrapassou o do Reino Unido e agora o país tem a segunda maior taxa do mundo, atrás somente dos Estados Unidos. Até esta sexta-feira (12), 41,828 pessoas morreram por causa da pandemia, mas a Organização Mundial de Saúde afirma que o sistema de saúde brasileiro está suportando a demanda de novos doentes.

“De acordo com os dados aos quais temos acesso, o sistema não está sobrecarregado”, disse o dr. Mike Ryan, principal especialista em emergências da OMS. São poucas as regiões que estão usando mais de 80% da capacidade hospitalar. Os principais focos da doença são nas grandes cidades, disse o especialista, mas de uma maneira geral o sistema hospitalar tem suportado a pressão.

O ministério da Saúde reportou nesta sexta-feira um total de 828,810 casos confirmados de Covid-19, com 25,982 novos infectados e 904 mortes nas últimas 24 horas, números somente ultrapassados pelos contabilizados nos Estados Unidos.

Na noite de quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro incentivou seus seguidores a filmarem o interior de hospitais públicos para conferir se os leitos estão mesmo ocupados. Na sexta, um grupo de seis pessoas entrou em um hospital no Rio de Janeiro e invadiu dependências restritas a médicos e pacientes, gritando, chutando portas e derrubando computadores.